Estatistica preocupante

O número de homicídios em 2012 nos quatro municípios que fazem parte da região metropolitana da capital maranhense, São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, aumentou 22% em relação aos registros verificados em 2011. Enquanto que em 2011 aconteceram 519 homicídios na região, ano passado foram contabilizados 634.

As estatísticas fazem parte de um levantamento organizado pela própria Secretaria de Segurança Pública (SSP) e os registros acontecidos no ano passado são as maiores desde o começo da série histórica, iniciada em 2009. De acordo com a SSP, há quatro anos aconteceram 514 homicídios; e em 2010, 499.

No balanço divulgado pela secretaria, oficialmente dezembro foi o mês mais violento, com 76 homicídios, um crescimento de 31% em relação a dezembro de 2011.

Após dezembro, o mês com maior número de homicídios foi setembro, com 66. Logo em seguida aparece outubro, com 61 homicídios. Já o mês com o menor registro foi maio: 36. Segundo a SSP, de janeiro a novembro de 2012, aconteceram 558 homicídios na região, enquanto que ano passado, no mesmo período, foram contabilizados 461, um aumento de 21%.

Em apenas dois meses de 2012 houve um número menor de homicídios que em 2011. Enquanto que em julho do ano passado a Secretaria registrou 55 casos de homicídios, neste, aconteceram 48. Já em março de 2012 aconteceram 44 homicídios, dois a mais que no ano passado.

Já em 2013, a SSP contabilizou, até a manhã deste sábado (5), seis homicídios. Destes, cinco aconteceram em São Luís e um em São José de Ribamar.

Leia mais

Uma resposta para "Estatistica preocupante"

  • AVOZLUMINENSE.BLOGSPOT.COM

    Ficamos felizes em se preocupar com a situação em que vive as nossas cidades, em especial, Paço do Lumiar. Mas pelo que parece o professor prefeito Josemar não está nem aí, apesar da segurança pública não ser de responsabilidade do município, mas ele pode cobrar providencias junto ao governo estadual, até porque, falta de experiência é o que não falta ao professor prefeito Josemar, que ainda se diz economista. Divulgou a sua lista de secretários apenas no dia 1º e ainda de forma incompleta, demonstrando total desorganização para que tanto desejava ser prefeito de nosso município. Cade a transição, pois o Raimundo Filho que também deixou uma belíssima bomba para ele, e cito como por exemplo, a folha do mês de dezembro e o 13º sem pagar aos servidores era, ou ainda é seu correligionário. Mas o fato é que Josemar não tem experiência alguma, nunca exerceu funções públicas, nem vereador. Espero que ele surpreenda e faça aquilo que o povo deseja: trabalhar. Só ficamos tristes porque um de seus primeiros atos foi baixar um Decreto fechando a prefeitura por trinta dias para atendimento ao público. Pode uma coisa dessa? Como ficará a população tão sofrida do Paço? Que decepção e afinal quando ele vai decidir trabalhar mesmo? A quem o povo poderá recorrer para resolver os problemas de suas comunidades. Assim que ele se considera o prefeito do povão?