Justiça determina nova eleição em Guimarães

Blog de Gilberto Léda

O juiz Paulo de Assis Ribeiro, titular da 30ª Zona Eleitoral, determinou, nesta sexta-feira (14), a realização de nova eleição na cidade de Guimarães.

A coligação da candidata derrotada no pleito deste ano, Mary Jane Guerreiro (PSL), recorreu à Justiça depois que o seu adversário, Artur Farias (PMDB), desistiu da candidatura – ele é ficha suja – e indicou a irmã, Nilces Farias (PMDB), menos de 24 horas antes do dia de votação.

Segundo a defesa de Mary Guerreiro, a conduta se caracteriza como má-fé e fraude do processo eleitoral. Nilce foi eleita com 50,89% dos votos.

A decisão é de primeiro grau e, com certeza, a peemedebista recorrerá ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

9 comentários para "Justiça determina nova eleição em Guimarães"

  • Nivaldo

    Quem esperava que a esposa do Desembargador Guerreiro perdia eleição……TAPETÂO…..Esposa de desembargador é outra história….ufa digo; outra eleição….

  • Diego Venom

    A verdade é que a Nice não foi indicada em menos de 24 horas e que ela GANHOU A ELEIÇÃO NO VOTO MESMO agora a Mary, que é esposa do desembargado Guerreiro Júnior, que de qualquer jeito ser prefeita da cidade ela não souber de maneira nenhuma perder

  • Joana

    É triste se deparar com a essa notícia. A justiça que deveria assegurar a decisão emanada do povo pelo contrário, atende aos interesses privados de uma senhora e principalmente de seu excelentíssimo marido. Deveria existir uma lei que vetasse a candidatura ao executivo de parentes de primeiro grau de magistrados. Fica a dica aos legisladores. Quanto a PREFEITA ELEITA Nilce Fárias não desista, não desista povo vimarense… sejam vocês os verdadeiros GUERREIROS dessa história

  • Joana

    É triste se deparar com a essa notícia. A justiça que deveria assegurar a decisão emanada do povo pelo contrário, atende aos interesses privados de uma senhora e principalmente de seu excelentíssimo marido. Deveria existir uma lei que vetasse a candidatura ao executivo de parentes de primeiro grau de magistrados. Fica a dica aos legisladores. Quanto a PREFEITA ELEITA Nilce Fárias não desista, não desista povo vimarense… sejam vocês os verdadeiros GUERREIROS dessa histór

  • Mariana

    Só Joaquim Barbosa para frear o Guerreirão

  • welton

    ate quando vamos presenciar a manipulação dos poderosos em eleições, em nosso cotidiano, e o meu o seu o nosso voto, de que vale? nao demora JOAQUIN BARBOSA.

  • Adamastor Cruz

    Que sejam realizadas novas eleições. O TRE não tem condições de ir contra a mulher do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Guerreiro Júnior, que num passado não muito longe esteve envolvido naquela questão dos carros entregues a terceiros como fiéis depositários. Num país sério ele não estaria no comando de um orgão do judiciário, mas como estamos no Brasil e pior ainda no Maranhão… Que os Farias deem uma nova porrada nos Guerreiros nas urnas. Cabe ao povo de Guimarães ter raça, não vender o voto e mandar a bacabalense para o inferno. Tá na hora de acabar com o abuso de autoridade neste sofrido Maranhão.

  • Gabriela

    Não podemos apenas lamentar decisão tão injusta! para favorecer A MULHER DO PRESIDENTE DO JUDICIÁRIO! Se de fato ocorrer novas eleições esta senhora não deveria se quer concorrer a este cargo devido a sua íntima ligação com a justiça maranhense. Vergonha Nacional. Acho que os eleitores de Guimarães tem mais de colocar a boca no trombone e não fazer parte de tamanha corrupção! Busquem CNJ façam seu protesto denunciem esse juiz.

  • sergio mendes

    Mary Guerreiro tinha uma das eleicoes mais certa da hitoria de Guimaraes, e o povo disse não. Vamos deixar disso Guerreiro, tenha ombridade e admita a derrota, como faz os americanos. Que sirva de exemplo para as proximas eleicoes.