Sedel discute JEMs

A Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) deu início à preparação dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) que, no próximo ano, chegará à sua 41ª edição. O primeiro passo da Sedel para ampliar a participação de atletas, escolas e municípios começou com a realização de uma reunião envolvendo representantes da Secretaria, e das cidades e instituições de ensino interessadas em participar dos JEMs em 2013.

Este primeiro encontro ocorreu na sede da Sedel com as participações do secretário-adjunto de Desporto Educacional e diretor-geral dos JEMs, Alim Maluf Neto, do coordenador de Educação Física de Imperatriz, Charles Moysés, e dos professores José Carlos Ribeiro, representando os municípios do interior, Breno Gomes, do Liceu Maranhense, Jorge Gobel, do Colégio Reino Infantil, Alesson Serejo, do Colégio Crescimento, e Raimundo Mesquita, gerente técnico dos JEMs 2013.

De acordo com Alim Maluf Neto, é fundamental que a Sedel comece a idealizar a próxima edição dos Jogos Escolares a partir de agora. Segundo ele, esses encontros com representantes de municípios e escolas são necessários para que sejam identificados os pontos que podem ser mantidos ou modificados na maior competição esportiva estudantil do Maranhão.

“Acredito que é muito proveitoso ouvirmos sugestões para melhorar nossa principal competição estadual. A Secretaria de Estado do Esporte e Lazer trabalha desta maneira para que consigamos sempre ter sucesso nas nossas ações. Por isso, estamos reunindo, com alguns meses de antecedência, com os representantes dos municípios e das escolas para planejarmos a melhor forma para realizarmos os JEMs 2013”, explicou Alim Maluf Neto.

Nesta primeira reunião, foi discutido o regulamento geral dos JEMs do ano que vem, onde todos os participantes tiveram a oportunidade de sugerir algumas mudanças. No geral, os representantes dos municípios e escolas elogiaram a forma como a Sedel vem realizando os Jogos Escolares.

Outro ponto debatido no encontro foi a manutenção de índices técnicos para as modalidades atletismo, ciclismo e natação. Isso significa que para que os atletas campeões nos JEMs nestes esportes possam participar das Olimpíadas Escolares será necessário que eles obtenham um tempo ou uma marca pré-estabelecida.

Alim Maluf Neto explicou, ainda, que durante o mês de novembro, a Sedel irá se reunir com os coordenadores técnicos de todas as modalidades. O objetivo dos próximos encontros será de elaborar os regulamentos técnicos de cada esporte.

11 comentários para "Sedel discute JEMs"

  • Alan Filho

    boa tarde amigos do esporte, gostaria de saber se está secretaria “SEDEL” só saber realizar o Jems. Pois eu acredito que tem muito coisa a fazer de esportes no Estado do Maranhão e só o Jems, meu jovem Alim vamos trabalhar mas pelo esporte no Maranhão, temos aqui varias modalidades que estão com o pires na mão e vocês da secretaria não dão a minima para os mesmos e ainda tem um secretario chamado de Vadeco que anda dizendo por toda cidade que não gosta de esporte e está fazendo o que na secretaria de Esporte e Lazer do Estado do Maranhão.

  • Joaquim Haickel

    Desculpa Zeca, mas alguém deve dizer ai para o Alan Filho que se há uma secretaria que em outubro já trabalha em prol das ações que ela vai desenvolver em abril do ano seguinte é porque esta é uma secretaria preocupada em bem realizar sua missão.
    Alguém deve dizer pra ele que quase todos os eventos esportivos realizados no Maranhão nos últimos dois anos, têm direta ou indiretamente a participação de SEDEL. Que todas as federações e associações que procuram a SEDEL são atendidas ou contempladas de uma forma ou de outra.
    Tem-se que ter muita paciência para aturar pessoas como o Alan Filho, que por não ter o que dizer, diz bobagens.
    Mas amigo o estado democrático de direito nos faz dessas coisas, dá voz até para quem não tem capacidade de usá-la, e como ferrenho defensor desse regime, mesmo discordando do que diz seu comentarista, defendo seu direito de dizê-lo.

    • Alan Filho

      O meu amigo Joaquim secretario da SEDEL mais uma vez não entendeu o que escrevi, mas tudo bem você pode escrever o que você entendeu. Mas que o tal Vandeco andar falando que não gosta de esporte é pura verdade. E que a secretaria só está fazendo Jems também é verdade. Então já que todos estão sendo atendido na secretaria me explica porque a Seleção Feminina de Basquetebol Master que irão participar do campeonato em São Paulo nos próximos dias e não tem apoio, patrocínio ou pelo menos colaboração da Secretaria de Estado Desporto e lazer – SEDEL. E quando eu escrevo que o esporte e os esportistas do Maranhão andam com o PIRES NA MÃO eu ainda estou errado. Joaquim você é meu amigo não precisa você ficar zangado eu só defendo os esportes em nossa Capital e estado meu jovem.

  • jose carlos silva

    Meu caro Alan, as modalidades esportivas que estao com o ¨pires na mão ¨com certeza são dirigidas por pessoas sem competência, entre as quais voce deve se enquadrar. Entendo que uma das finalidades da SEDEL è fomentar as mais variadas modalidades esportivas, e nao incentivar alguns aproveitadores que querem apenas obter benefícios pessoais se escondendo atras de alguma federação. o Dr. Waldimir FIlho, que os mais íntimos chamam carinhosamente de Vadeco, é Funcionário Público de carreira, com mais de 30 anos de bons serviços prestados aos mais variados orgaos do Governo.

  • Piguimeu da Fialho

    COMENTÁRIO MODERADO

  • Luis Fernando

    As Federações precisam é se organizar, promover competições coisa que algumas como volei e basquete não fazem.

    • Zeca Soares

      PERFEITO LUIS FERNANDO. A MAIORIA DAS FEDERAÇÕES NÃO FAZEM COMPETIÇÕES. NÃO APARECEM NA MÍDIA E PERDEM A POSSIBILIDADE DO APOIO.

  • fernando 81

    o Secretário não perde a oportunidade de ficar nervoso e agredir os comentaristas. Alan Filho não se cale diante tanta arrogância e prepotencia desse Sr, que embora viva há anos no meio político não consegue aceitar e respeitar críticas. Toda vez que esse Sr. se dirige a algum comentarista aqui nos blogs ele faz de maneira truculentam, tentando ser O DEUS DO VERNÁCULO, eu inclusive já fui vítima dos rompontes deste POETA, o típico PROFESSOR DE DEUS!!…
    VIVA LIBERDADE!!!
    QUEM MEXE COM DINHEIRO PÚBLICO TEM QUE SER SIM MOTIVO DE VIGÍLIA E CRÍTICA QUANDO NECESSÁRIO.

    CADÊ AS AÇÕES DA SEDEL, NAS PRAÇAS E BAIRROS DA NOSSA CIDADE?
    ENTREGAR EQUIPAGEM E TROFÉU É FÁCIL!!!
    FAZER JEMS, TODOS QUE PASSARAM FIZERAM, ATÉ MELHOR!!!
    QUERO VER É MOSTRAR A POLÍTICA PÚBLICA DE INTEGRAÇÃO DO ESPORTE COM A DIMINUIÇÃO DA MARGINALIDADE DESSA CIDADE!!!.
    ABRAÇO.

    • Joaquim Haickel

      Desde quando prestar esclarecimentos é agredir? O Alan Filho disse o que pensava e eu o também. Por que um cidadão que coloca em dúvida o trabalho da SEDEL pode dizer o que bem desejar do jeito que quiser e aqueles que devem dizer o que faz a SEDEL em prol do esporte do estado não podem usar da mesma prerrogativa? Se algum comentarista usar bons modos para criticar o nosso trabalho, receberá reposta igual. Se o fizer com maus modos receberá na medida devida.
      Mas pra não perder a viagem! Uma Pessoa séria não se esconde atrás de pseudônimo. Fernando 81 pode ser qualquer um, inclusive alguém que não seja o verdadeiro Fernando 81.
      Eu uso meu nome em minhas postagens, dou a cara pra bater, mas quem se atrever a isso tem que estar preparado para receber a resposta. E quer saber, você sendo 81, 49 ou 24 não importa. Quem diz o que quer ouve o que não quer, e isso serve para você também.
      Suas criticas são vazias. As ações da SEDEL falam por si. Além do JEMs, das participações maranhenses nas Olimpíadas Escolares, nas Paralimpiadas, dos eventos esportivos realizados, criamos o “Maranhão Feliz”, programa que leva esporte e lazer às praças e aos bairros.
      Acho que fica claro que há um pouco de má vontade de sua parte.
      Se você disser que poderíamos fazer mais do que fazemos, eu vou concordar, mas isso se deve a limitação orçamentária de secretaria e de nosso Estado.
      Pode ficar certo de que de minha parte em caso de erro, engano ou qualquer coisa que o valha eu serei o primeiro a reconhecer, pedir desculpa ou me retratar.

      • fernando 81

        Agora sim, uma resposta educada e condizente com a sua pessoa.
        Não leve as críticas para o lado pessoal.
        Nem eu, nem o Alan usamos maus modos para comentar, tão pouco foram vazias as nossas palavras.
        Acontece é que pelo menos nas praças e quadras em que tenho oportunidade de frequentar e transitar nunca vi nenhuma ação da SEDEL…isso é fato…mas se Sr. diz que tá fazendo eu acredito!!!

        NÃO SE ESTRESSE COMIGO, Veja aqui o que comentei sobre o Sr. certa feita:
        https://zecasoares.com.br/2011/12/18/joaquim-haickel-destaca-os-desafios-para-2012/#comments

        Abraço.

  • Reinaldo Aguiar

    Engraçado como as pessoas só sabem criticar?! Não tenho vínculo nenhum com o Secretário Joaquim Haickel, mas pelas poucas vezes que o vi e pela divulgação que temos do trabalho dele, podemos perceber a preocupação do mesmo em melhorar o esporte em nosso Estado. Como ele mesmo falou: qual secretaria vai discutir jogos escolares com quase seis meses de antecedência?!! Eita povo que não tem o que falar, fala besteira. Joaquim Haickel está neste cargo merecidamente e apoio suas decisões. Acompanhei todo desenrolar do castelão e achei o Joaquim um homem de posição e que quer ver as coisas acontecerem. Parabéns Joaquim pelo trabalho, continue assim e sua equipe também está de parabéns!