Edivaldo impede realização de debate

O debate que ocorreria hoje à noite entre Edivaldo Holanda Jr. (PTC)e João castelo (PSDB) foi impedido de ser realizado por decisão da Justiça que concedeu liminar a pedido do candidato Edivaldo Holanda Jr.

O petecista alega não ter concordado com as regras do debate na TV Guará.

A direção da TV Guará informou que a emissora ainda tentou uma outra liminar na Justiça para que pudesse pelo menos realizar uma entrevista com o candidato João Castelo  já estava no local, mas não obteve sucesso.

Além deste, outros quatro debates entre os dois candidatos estão marcados para esta semana.

Edivaldo Holanda Jr. tem sido orientado por sua assessoria a não participar de todos os debates marcados. João Castelo, por meio de sua assessoria informou que participará de todos os debates acordados.

4 comentários para "Edivaldo impede realização de debate"

  • Pedro

    Covarde, é o que ele é. E não adianta os holandistas virem com desculpas. Se Edivaldo tivesse capacidade e preparo o suficiente, e não fosse uma mera marionete política nas mãos de quem o controla, ele não precisaria fugir dos debates. Uma pena que esse homem que já usou de atos também covardes, como lançar o laranja Edinaldo Neves no segundo turno, continue na corrida para a prefeitura. São Luís precisa de um prefeito, não do Pinóquio.

  • ricardo

    O fato de não ir não é a grande questão pra mim, mas impedir que o outro exponha e debata a sua plataforma de governo é o pior. Se este sujeito não queria participar porque simplesmente não avisou a emissora com antecedência, deixou pra último minuto e ainda impediu a população de ouvir as propostas do outro candidato. Já que ele foge não deveria impedir do outro falar com o público, é uma falta de respeito com o eleitor.

  • Luis Fonseca

    NADA DE IR À DEBATES.TODAS AS TELEVISÕES E RÁDIOS ESTÃO À SERVIÇO DE CASTELO.O GRUPO SARNEY ADERIU DE VEZ PARA CASTELO!

  • Maria

    Perdeu meu voto, isso sim! Jackson Lago não ia nos debates na mirante? Então não me venha com desculpas, candidato!