Castelo e Edivaldo seguem empatados

Pesquisa Escutec/O Estado realizada em São Luís entre os dias 25 e 27 de setembro aponta que o prefeito João Castelo (PSDB), candidato à reeleição pela coligação “Pra Fazer Muito Mais”, segue na dianteira da disputa, agora 2 pontos percentuais à frente do segundo colocado, o deputado federal Edivaldo Holanda Júnior (PTC), que encabeça a coligação “Muda São Luís”. A uma semana do pleito, e levando em consideração a margem de erro, de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, os dois estão tecnicamente empatados.

Os números Escutec mostram que a disputa em São Luís está estabilizada, sem grandes alterações no posicionamento dos candidatos. Na última semana de campanha, o debate na TV Mirante pode definir quem chega na frente no próximo domingo.

O tucano aparece no quinto levantamento do Escutec com 32% das intenções de voto na capital, contra 30% de Holanda Júnior. Como a margem de erro da consulta é de três pontos percentuais, para mais ou para menos, quem termina o primeiro turno na frente ainda é rigorosamente indefinido.

Em terceiro lugar, mas distante dos dois líderes, aparece o candidato da coligação “Juntos Por São Luís”, Washington Luiz (PT), com 13%. Ele está no limite do empate técnico com a quarta colocada, deputada estadual Eliziane Gama (PPS), que tem 7,1% das intenções de voto.

O ex-prefeito Tadeu Palácio (PP), da coligação “Construindo uma nova história”, este em quinto, com 4,2%; seguido por Marcos Silva (PSTU), 1,7%; Haroldo Saboia (PSOL), da coligação “São Luís, o caminho é pela esquerda”, 1%; e Ednaldo Neves (PRTB) com 0,1%.  Os que declararam votar em branco, ou nulo, foram 2,7% dos entrevistados. Outros 8,1% disseram não saber ainda em quem votar ou não responderam.

A pesquisa Escutec/O Estado realizada em São Luís foi registrada na Justiça Eleitoral dia 24 de setembro, sob o protocolo MA-313/2012.  Foram ouvidas 800 pessoas, para uma margem de erro de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%.

2° turno

O instituto Escutec fez duas simulações de 2° turno. Na primeira delas, o candidato do PTC, Edivaldo Holanda Júnior seria o vencedor, com 46,4% dos votos, contra 35,9% do prefeito João Castelo. Nesse cenário, 6,7% disseram votar em branco, ou nulo, enquanto 11% declararam não saber, ou não responderam à pergunta.

Num segundo cenário de 2° turno, o atual prefeito venceria a eleição na disputa com o petista Washington Luiz. Assim, Castelo teria 35,4%, contra 30,8% do vice-governador. Nessa disputa, 16,7% votariam em branco, ou nulo, e 17,1% preferiram não responder ou disseram não saber em quem votar.

No quesito rejeição, o prefeito segue liderando. Dos 800 entrevistados, 33% disseram não votar nele de jeito nenhum. O segundo colocado na pesquisa, Edivaldo Holanda Júnior, é apenas o quarto em rejeição, com 7,9%. Antes dele, são mais rejeitados o ex-prefeito Tadeu Palácio, com 15,4%, e o vice-governador Washington Luiz, com 13,4%. A deputada estadual Eliziane Gama é a candidata que registra o menor índice de rejeição na capital. Apenas 2% dos entrevistados declararam não votar na popular-socialista. Outros 12,8% não sabem, ou não responderam essa pergunta.

Mais

A pesquisa Escutec/O Estado também fez a simulação de como seriam as votações de cada um dos candidatos se fossem considerados apenas os votos válidos – excluídos os eleitores que declararam votar em branco, nulo e os que disseram não saber, ou não responderam. Assim, João Castelo passaria ao segundo turno com 35,9% dos votos válidos e disputaria a Prefeitura de São Luís com Edivaldo Holanda Júnior, com 33,7%.

6 comentários para "Castelo e Edivaldo seguem empatados"

  • Jorge Viveiros

    Olá Zeca.
    Não tem jeito WO não consegue decolar. Quem não tem competência não se estabelece, já dizia o velho ditado popular. A equipe do candidato WO é extremamente incompetente. Começaram a bater no Edvaldo Holanda, não deu certo. Partiram com tudo pra cima do Castelo, piorou a situação. É muita incompetência junta. Com a maior parte do tempo na televisão e no rádio, não souberam aproveitar. Entre uma série de bobagens, a última, e sem nenhuma graça, inventaram o sepultamento do VLT. Quem está sendo sepultado aos poucos é o próprio WO, e no dia 7 de outubro estará devidamente enterrado. Enquanto isso, João Castelo vai deitando e rolando, dando um nó em todo mundo. É só esperar para ver o final.
    Jorge Viveiros

  • Felipe

    Que mentira! só um cego pra ver que Castelo não ganha!
    Economizem na campanha!

  • CESAR FMF

    NÃO SOU RADICAL, VOTO EM QUEM TRABALHA ESSE NEGÓCIO DE ADVERSÁRIO DIZER QUE O ASFALTO NÃO CHEGOU ONDE DEVERIA É PORQUE QUEM DIZ ISSO SÓ CONHECE, COHATRAC, COHAB. RENASCENÇA E CENTRO E SÃO LUIS, NÃO CONHECE SÃO RAIMUNDO, CIDADE OLÍMPICA, COROADINHO OU SEJA BAIRRO CONSIDERADOS PERIFERIAS, HOJE MESMO O CANDIDATO 36 FEZ UMA CARREATA E VIU COMO ESTÁ A CIDADE OLÍMPICA, É POR ISSO QUE O POVÃO É CASTELO. IMAGINA SE O CASTELO TIVESSE O TEMPO QUE TEVE O CANDIDATO DO PT.

  • Luís Carlos

    No 2º turno com tempo igual aos dois dois candidatos vai ser possível para o eleitora saber quem é quem e quem está por trás de cada candidato a prefeito de São Luís e neste momento o eleitor poderá decidir qual o melhor candidato para administrar São luís nos próximos quatro anos.

  • Marcelo

    No debate da Tv Mirante o eleitor vai ter a oportunidade de ver quem é quem e a máscara de muita gente vai cair vamos esperar porque até domingo tem muita coisa para acontecer e o povo não vota por causa de pesquisa e sim pelo que ele observa principalmente na televisão na propaganda dos candidatos.

  • Wellington Alcena Borges

    Olá Zeca, Concordo com o comentário do Sr.º Jorge Viveiro, o companheiro Macaxeira não decola de jeito nenhum, nem com ajuda do VLT, será que esse 13 do Companheiro macaxeira é macho,o cara não passa dos 13%. será que não a URUCUBACA do Afonso Manoel ?