Emprego fácil

A Câmara Municipal de São Luís tem se resumido a realizar apenas uma sessão ordinária por semana desde que o período eleitoral começou. A maioria das sessões não tem acontecido por falta de quorum qualificado, ou seja, é insuficiente o número de vereadores em plenário para que haja votação de matérias na Casa. Para que as que constam em pauta sejam deliberadas, existe a necessidade da presença mínima de 11 parlamentares.

O presidente da Câmara, Isaías Pereirinha (PSL), considera que esse é um momento atípico, que ocorre de quatro em quatro anos. Portanto, não corresponde à realidade do parlamento municipal. “Apesar disso, sempre tivemos a responsabilidade de votar as matérias de interesse da população. Acreditamos que, tão logo seja encerrado esse período eleitoral, as coisas voltem à normalidade no Legislativo”, afirmou.

Segundo o dirigente da Câmara, é bom ressaltar que essa não é uma peculiaridade somente do parlamento de São Luís. “A própria Assembleia Legislativa tem registrado falta de quorum, assim como o Congresso Nacional. A grande questão é que num pleito municipal existem muitas pessoas envolvidas nesse processo de escolha dos candidatos e cada um tem o seu representante”, destacou Pereirinha.

Para o líder do DEM, vereador Sebastião Albuquerque, é extremamente difícil conciliar as atividades legislativas e a peregrinação de campanha na busca pelo voto do eleitor. “Às vezes, até que a gente tenta conciliar as duas atividades, mas esbarra na falta de tempo. Além disso, cada um tem uma profissão que exige também atenção. Portanto, é natural que isso aconteça”, comentou.

O Estado

Uma resposta para "Emprego fácil"

  • CESAR FMF

    Zeca meu comentário não tem nada a ver com sua matria´, procurei para vê se havia alguma relacionada ao Prefeito de São Luis não encontrei e postei meu cometário nesta (desculpe) você é sabedor que por várias vezes já manifestei que sou Castelo, não tenho emprego ou alguém da minha família (mulher filho e filhas, genros e nora)também não tem somos graças a Deus independentes não temos vínculo empregatício em
    órgãos do município ou do Estado, sou Castelo e Roseana por simpatia por serem trabalhadores e gratidão com os dois. Com o prefeito já que se moro hoje em casa própria (Cidade Operária) ele construiu e se hoje ela é própria foi porque Roseana facilitou a quitação então tenho gratidão aos dois e não tenho vergonha de declarar isto. o que me traz aqui é para dizer até parece que as pessoas que “batem” no Prefeito as vezes tem razão, por exemplo neste exato momento (00h05), na ESCOLA MATA ROMA DO GOVERNO MUNICIPAL que pais reclamam da falta de condições para seus filhos está acontecendo um show não deixando quem, mora nas proximidades (jardim das Palmeiras e ruas 03,05,07, e 09 da 205) dormir, já tocaram KUDURO, PAGODE, AXÉ gritarias e o imbecil ainda diz que em nome do Deus deles o barulho não tem hora para terminar, e isto vem acontecendo ha muito tempo em uma escola publica que no meu entendimento é para estudar e não para baderna nem que esta baderna seja em nome do Deus deles, informo que antes de escrever minha revolta em seu blog, enviei um e-mail para a SEMED e para o Secretário de Educação do Município, se eles vão lê e resolver o problema não sei, o certo é que não aguentamos mais, já que a perturbação começa ás 08 horas e vai até as 2,3 da manhã. como sei que seu blog eles com certeza lê-em para levar ao prefeito suas criticas espero que eles também leiam e leve essa revolta minha e de outros moradores pra ele para que resolva o problema, ou será que os que “batem” na administração do prefeito neste e em outros blogs tem razão? ou será que o prefeito João Castelo não sabe que do ditado antigo “quando quiser derrubar o inimigo una-se a ele para derruba-lo” a atitude dessa diretora é atitude de inimigo por que como tudo que dizem contra o prefeito ela lhe da uma calça arreda dessa, quantos neste momento não estão maldizendo o governo Castelo, eu não! estou PDV com a zoada, mesmo assim continuo acreditando nele. Mais justiça seja feita em época dos governos Jackson Lago e Tadeu Palácio não tinha esse tipo de Baderna em escolas. Ah! ia me esquecendo, liguei para o 190 (tá lá registrada – às 23h50) só por ligar mesmo porque eles não resolvem nada.