Agiotagem no Maranhão

Em entrevista ao blog do Marcial Lima, o delegado Augusto Barros, superintendente da Seic, afirma que os investigadores até agora, encontraram documentos que podem confirmar a participação de 33 prefeituras com o crime de agiotagem.

Os nomes das prefeituras não foram revelados. Augusto Barros fala que o número de empresas envolvidas no esquema também é grande. Na semana que vem, alguns gestores devem ser convocados pela comissão que cuidado do caso.

É grande a quantidade de documentos analisados pelos investigadores. Muitos destes prefeitos participavam do crime em parceria com a quadrilha de Glauco Alencar (filho e pai), presos como mandantes do assassinato do jornalista Décio Sá, registrado em abril deste ano em São Luís. (Foto: O Imparcial)

Seja o primeiro à comentar em "Agiotagem no Maranhão"