Caso Décio Sá

O Ministério Público apresentou ontem à 1ª Vara do Tribunal do Juri a denúncia contra os 13 envolvidos no assassinato do jornalista Décio Sá. O caso está sob responsabilidade do promotor Luiz Carlos Duarte, que só pretende se manifestar na semana que vem.

De acordo com o que apurou este blog, todos os denunciados foram apontados como envolvidos diretamente no assassinato, inclusive o advogado Ronaldo Ribeiro, que é investigado também – junto com Gláucio Alencar, o mandante da execução do jornalista – pelo crime de agiotagem.

Ribeiro é advogado de Gláucio Alencar, e segundo o MP, atraiu Décio para a morte ao fazer a aproximação deste com o agiota que encomendou sua morte.

Com a denúncia do Ministério Público, a Justiça abrirá agora a instrução do processo, com interrogatórios e coleta de provas, para decidir se os criminosos serão ou não pronunciados a Juri Popular.

Todos os envolvidos são acusados por assassinato triplamente qualificado, por motivo torpe e com várias qualificadoras.

Dentre os denunciados, há três cujos nomes ainda não foram revelados…

Blog de Marco D’Eça

Seja o primeiro à comentar em "Caso Décio Sá"