Eleição em Imperatriz

O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB), da coligação “Pra Fazer Muito Mais”, que busca a reeleição, lidera a corrida eleitoral no município, com 47,9% de intenções de votos. Mas agora ele tem em segundo lugar a candidata democrata Rosangela Curado, que aparece com 25,5%.

Os dados são da pesquisa Escutec/O Estado, realizada nos dias 26 e 27. A pesquisa, que ouviu 601 eleitores das zonas rural e urbana, tem margem de erro de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos. Madeira, no entanto, já apresenta queda, uma vez que, no levantamento Ibope/TV Mirante, divulgado no último fim de semana, aparecia com 58% de preferência do eleitorado. Imperatriz tem nove candidatos a prefeito nestas eleições, um a mais do que São Luís.

O terceiro colocado, segundo o Instituto Escutec, é Carlinhos Amorim (PDT), da coligação “Imperatriz é de Todos Nós”. Ele apresenta 9% de preferência dos eleitores. Justino Filho (PTC) aparece logo em seguida, com 2,8% de intenções de votos.

Adalberto Franklin (PT), que não dispõe de coligação tem 1% de preferência e empatados tecnicamente, Wilson Leite (PSTU) e Kleber Miranda (PSB) têm 0,8% de intenções de votos.

Aluísio Melo (PCB), que não pontuou na pesquisa Ibope, é o penúltimo colocado no ranking, com 0,3% de intenções de votos, contra o Major Melo (PSOL), com 0,2% de indicações. Na pesquisa Ibope, Melo aparecia com 2% de intenções, na quinta posição. Ele foi ultrapassado por três adversários na disputa.

Não souberam ou não responderam ao questionamento 11,6% dos entrevistados.

Vitória – Na pergunta”Independentemente de seu voto, quem você acha que será o novo prefeito de Imperatriz?”, de resposta espontânea, 53,1% declararam apostar em vitória de Sebastião Madeira; 21,1% em Rosângela; 4,2% em Carlinhos Amorim; 0,8% em Kleber Miranda; 0,5% em Adalberto, mesmo quantitativo de Major Melo; Wilson Leite e Justino Filho.

Justino Filho é o candidato mais rejeitado do pleito, com 28,5% dos eleitores contrários ao seu nome. Sebastião Madeira, que na pesquisa Ibope era o segundo menos rejeitado, com apenas 12% de índice de rejeição, aparece na Escutec com 20,3%, e é o segundo candidato mais desacreditado pelos eleitores. Rosangela Curado é a terceira no quesito, com 10,5% de indicações. No Ibope, ela aparecia com 15% de rejeição.

Em seguida, estão classificados os candidatos Carlinhos Amorim, com 8,2%; Wilson Leite, com 7,5%; Major Melo, com 5,5%; Adalberto, com 3,3%; Kleber Miranda, 3,2% e Aluísio Melo, com apenas 1,7% dos eleitores declarados não votarem em seu nome em hipótese alguma. No Ibope, Aluísio aparecia com 14% de rejeição, na quarta colocação. Ao todo, 11,5% dos entrevistados não souberam ou não responderam as perguntas sobre rejeição de candidatos.

A pesquisa Escutec/O Estado também quis saber qual a avaliação dos eleitores de Imperatriz em relação aos atuais governos federal, estadual e municipal. A presidente Dilma Rousseff (PT) tem a sua administração aprovada por 86,9% dos entrevistados. A governadora Roseana Sarney (PMDB) é aprovada por 47,9% dos entrevistados e o prefeito Sebastião Madeira é aprovado por 66,2% dos entrevistados.

A pesquisa foi registrada no TRE sob o nº MA-00132/2012.

Uma resposta para "Eleição em Imperatriz"

  • Imperatrizense

    CLIMA DE VIRADA EM IMPERATRIZ.