Arma usada por policiais está nas mãos de bandidos

[gmc 1975367]

Uma pistola que deveria ser utilizada apenas por policiais, juízes e promotores está indo para nas mãos de bandidos, como mostrou o Jornal Hoje deste sábado (2). O uso constante da arma calibre .40 por bandidos já preocupa a polícia.

A .40 é a pistola que, por lei, só poderia ser utilizada por policiais civis e militares em todo o país, além de juízes e promotores. “Quem iniciou esse processo aqui no Brasil foi a Polícia Rodoviária Federal, que adotou esse calibre. Depois, foi solicitado para as forças estaduais e hoje se tornou um calibre popular na área de defesa pública”, explicou o instrutor de tiro Nagib Feres.

No Maranhão, crimes praticados com a utilização dessa arma têm chamado a atenção das autoridades. Um homem suspeito de cometer seis assassinatos estava com umas dessas pistolas quando foi preso, em São Luís. A arma tinha o símbolo da Polícia Militar do Estado com marcas que indicam que alguém tentou raspar a insígnia. Um outro grupo, que foi preso na BR-135, no Maranhão, estava com uma arma que pertencia à polícia do Ceará.

Na capital maranhense, em menos de um mês, em pelo menos quatro assassinatos, os executores usaram a pistola .40. Em um deles, o jornalista Décio Sá foi executado com cinco tiros, à queima roupa, enquanto estava em um bar, em uma das avenidas mais movimentadas de São Luís.

O bandido deixou cair o carregador da arma e havia munição de lotes comprados pela Polícia Militar e Civil. Para a polícia do Maranhão, só há duas formas de a .40 chegar às mãos dos bandidos: contrabando ou extravio. Esta última forma, quando as armas são roubadas ou furtadas de policiais ou até mesmo de delegacias.

Roubos deste tipo tem sido frequentes em cidades do interior do Nordeste. Há dois meses, três delegacias de Imperatriz, sudoeste do Maranhão, foram arrombadas na mesma noite. Armas e objetos foram levados pelos bandidos. Em Recife, pelo menos dez pistolas e uma metralhadora foram roubadas de uma delegacia. Os ladrões entraram à noite enquanto dois agentes dormiam no plantão.

“Infelizmente, esses fatos tem acontecido e os policiais também tem sido vítima de furtos, de roubos, que tem acontecido em todo o país afora”, lamentou o superintendente da Polícia Civil no Maranhão, Sebastião Uchôa.

Seja o primeiro à comentar em "Arma usada por policiais está nas mãos de bandidos"