Sem os laudos, Lítia ameaça interditar estádios

Diante da ameaça da promotora de Defesa do Consumidor, Lítia Cavalcanti de fechamento do Nhozinho Santos e outros estádios de futebol no Maranhão devido à não apresentação dos laudos técnicos como determina o Estatuto do Torcedor, clubes, prefeituras e Federação resolveram correr atrás do tempo.

O assunto veio à tona com toda a força quando o próprio presidente da FMF, Antonio Américo admitiu a irregularidade ao afirmar em entrevista à Rádio Mirante AM que havia sido alertado pelo diretor técnico da CBF, Virgílio Elísio que o santa Quitéria não jogaria a Copa do Brasil em casa caso não apresente os laudos. O mesmo vale para o Sampaio em relação ao Nhozinho Santos que não possui os laudos até este momento.

Mesmo ciente da irregularidade, o presidente da FMF nada fez. Até entendo que Améric o esteja correto ao afirmar que os laudos são de responsabilidade dos clubes e prefeituras, mas diante do flagrante desrespeito ao Estatuto do Torcedor, o dirigente da FMF fez vistas grossas e manteve quatro rodadas do Campeonato Maranhense

Além da inexistência dos laudos, o Ministério Público quer saber  se a prefeitura cumpriu todos os ítens conforme o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado no ano passado para melhorias o Estádio Nhozinho Santos.

Ontem, Vitor Negreiros e Antônio Américo estiveram pessoalmente no Ministério Público para pedir à promotora Lítia Cavalcanti que não interdite os estádios.

– Eles tiveram oito meses para adequar o Nhozinho Santos ao que determina o Estatuto do Torcedor e nada fizeram. Eu não estou aqui para brincar, mas para zelar pela segurança do torcedor e posso garantir a você que vou comunicar à CBF que não existem os laudos e sem laudos não tem jogo aqui. Não posso trabalhar como eles que apostam que nada vai acontecer pois estaria sendo irresponsável – adiantou Lítia.

A promotora Lítia Cavalcanti confirmou que fará a vistoria ao Nhozinho Santos nesta quarta-feira.

Bom, que me desculpem aqueles que querem que as coisas continuem  como estavam. Se foram para lá para mudar que tragam a mudança. E finalmente não vou mudar a minha opinião a exemplo do que muitos outros já fizeram. Enquanto estiver errado, vou continuar falando.

14 comentários para "Sem os laudos, Lítia ameaça interditar estádios"

  • Paulo da Cohama

    Zeca você não acha que isso é falta de proatividade, falta de incompetência desse pessoal da FMF ? porque não se anteciparam antes do campeonato ?

    RESPOSTA: EU COSTUMO DIZER QUE É MAIS TEORIA E POUCA PRÁTICA. NÃO POSSO DEIXAR DE ADMITIR QUE A MUDANÇA É NECESSÁRIA, MAS NÃO SE PODE REPETIR AS MESMAS FALHAS DA GESTÃO ANTERIOR.

  • FRANCISCO GAGLIANONE

    Parabéns a Drª Litia se ela interdar os estádios…tem que fazer mesmo!!! Porque antigamente não podia e agora pode!!! Meus caros o Nhozinho é uma praça de esporte velha e ultrapassada, e prá isso só em duas soluções, a implosão ou o fechamento para uma modernização total a exemplo do foi feito com o PV em Fortaleza. Tudo que se fizer no NhozInho Santos, será remendo e quebra galho, toda vez se gasta uma fábula de dinheiro e o Nhozinho continua do mesmo jeito, ou seja, uma porcaria.

  • torcedor

    Pelo amor de Deus, o presidente da FMF dizer q promotora está prestando um desrviço.
    Pelo amor de Deus, e ele é advogado, como pode Zeca, vc não citou nada a respeito disso. ele falou para Técio isso.
    COntamos com vc.

  • Ze Carlos

    ESSE FRANCISCO GAGLIANONE É UM FRUSTADO PORQUE O FILHO DELE NUNCA TEVE FUTURO NO FUTEBOL ERA UM JOGADORZINHO DE 6ª DIVISÃO, FICA FALANDO MERDA, SE NO BRASIL INCLUSIVE NO RIO TEM ESTADIO DO MADUREIRA, OLARIA QUE NÃO EXISTE, E OLHA QUE É RIO DE JANEIRO.
    O NHOZINHO QUE ANTE ERAM 20 MIL PESSOAS AGORA É CADEIRA SÓ PARA 12 MIL O CAMPO É UMA BELEZA PARA NOSSO PADRÕES, FICAM COM ESSA MERDA DE INTERDIÇÃO.

  • THIAGO

    TEM Q TER MAIS SEGURANÇA NOS ESTÁDIOS. PRINCIPALMENTE PARA AS TORCIDAR ADVERSÁRIAS. NO JOGO EM CAXIAS, ENTRE BECÃO E SABIAZINHO POR EXEMPLO. AGENTE TORCEDOR DO BECÃO NÃO FOMOS ESCOLTADOS NO FINAL DO JOGO. TINHA SÓ 3 POLICIAIS MILITARES. Ñ PODE UM NEGÓCIO DESSES.TA NO ESTATUTO DO TORCEDOR. FURIA DO MEARIM.

  • Clayton_Maqueano

    Tudo bem, concordo que as mudanças são necessárias e obrigatórias, afinal se é lei deve ser cumprido. No entanto, o que me causa espanto e preocupação é saber que um futebol precário e deficiente como o nosso é ameaçado de sofrer sanções tão severas. Acima da lei o bom senso. Zeca, na sua opinião a medida da Drª Lítia de interdição não é muito fatalista? Por óbvio o correto seria “reciclar” o estado, mas numa relação de custo e benefício vale mesmo a pena fechar a única praça ativa de futebol da capital?

    RESPOSTA: NÃO, CLAYTON. OS CLUBES, FEDERAÇÃO E PREFEITURAS DEVERIAM TER PROVIDENCIADO ISSO AINDA NO FIM DO ANO PASSADO. ELES SÓ SE PREOCUPAM DESSAS COISAS DIAS ANTES DA BOLA ROLAR. TEM QUE LEVAR PORRADA PARA APRENDER A FAZER CORRETAMENTE. VEJA QUE OITO MESES DEPOIS NÃO FIZERAM MELHORIAS NENHUMA NO ESTÁDIO.

  • SOBRE O BOLIVÃO

    Sobre a Bolivia Querida, será que vamos pra Copa do Brasil com essa lentidão que é o Orlando, agora sem o Edgar, esse Ricardinho é reserva do Orlando, se for pode mandar embora porque não existe, é so dormir e comer.

  • Victor

    Parece até piada de mau gosto, esses estádios do maranhao nunca tiveram essas tal vistorias porque so agora essa ai ta querendo é aparecer e acabar com esse futebolzinho que tem aqui. O melhor a fazer é dá fim nesse futebolzinho fuleiro que tem o maranhao e esses comentaristas pimenteiras vao passar fome hahahahah.

    RESPOSTA: RESPEITO A SUA OPINIÃO, MAS PERMITA DISCORDAR DE VOCÊ. NA GESTÃO DE ALBERTO FERREIRA SE EXIGIA OS LAUDOS QUE É UMA OBRIGAÇÃO COMO ESTABELECE O ESTATUTO DO TORCEDOR. AGORA, POR COERÊNCIA É PRECISO CONTINUAR COBRANDO.

  • Victor

    Porque na gestao do outro la, nunca pediram catracas eletrônicas,32 câmeras de segurança, sistema completo de monitoramento, corrimões nas arquibancadas, sistema de segurança contra incêndio, divisão física das torcidas em clássicos, aumento na altura do alambrado de três metros para cinco metros, sinalização e desobstrução das vias de acesso ao estádio.Tudo isso pra esse futebolzinho do maranhao ha me poupe!!!!!!!!!!

    RESPOSTA: MAIS UMA VEZ VOCÊ ESTÁ EQUIVOCADO. TUDO ISSO FOI ACERTADO NUM TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA (TAC) NO PRIMEIRO SEMESTRE DO ANO PASSADO. A COBRANÇA, PORTANTO É BASTANTE ANTIGA.

  • Tímon.

    Zé Carlos, amigo, permita-me discordar em parte?
    Não acho que o Francisco Gaglianone esteja de todo errado. Veja bem, entendo que ele vê o Nojinho anacrônico tanto quanto outros estádios que tu citas. Mas o certo é que vivemos aqui no Maranhão e o problema é nosso. Eu mesmo já vim neste blog, inúmeras vezes, dizer que o estádio deveria ser destruído e em seu lugar construído um hospital por exemplo. De outra forma, defendo a área do aterro do Bacanga para a construção de um pequeno estádio cedo ou tarde, já que poucos espaços livres possuímos na cidade. Aliás, eis o principal problema do velho NHÔ. Fala-se muito em acessibilidade como se o termo se aplicasse somente dos portões de entrada até os assentos. Não há estacionamentos adequados, as ruas são assim improvisadas. O pior é que em caso de necessidade da turba ou tumulto o escoamento é dificultado. No aterro, por exemplo, poder-se- ía ter mais elementos de segurança, inclusive com a cosntrução de uma UPA, sem contar com o fato de que por lá passam todos os ônibus e vans que prestam serviço à comunidade. Por outro lado, a área só serve para a exploração de ganho privado em área pública, aliada a bebedeira e prostituição. É coisa nossa arrendada a prazo elástico aos prazeres da vida que não se coadunam com a saúde e lazer de verdade. Acredito, portanto, que o velho Nhô já cumpriu com o seu papel e não se adequa às exigências maiores do código de defesa do consumidor e do estatuto do torcedor. Aliás, ele já foi muito bem criticado alhures, por exemplo, pelo jornalista Márcio Guedes, pois embora o compare aos estádios do Madureira e Olaria, nenhum destes dois possuí uma entrada de sociais tão acanhado quanto o nosso Nhô, onde a rua de que lhe dá acesso é disputada por automóveis em um só sentido e carroças a despejar esterco em dia de futebol. Sinceramente, nunca vi nada pior. É só viajar bem pelo país e conferir as partidas de futebol, embora acredite que o gramado não seja dos piores. Mas já deveria ter sido implodido sim, esquecido, até porque fora um cemitério e isto deveria ser repensado por motivos outros que não vem ao caso agora.

  • FRANCISCO GAGLIANONE

    Parabens Timon pelo seu comentário lúcido e inteligente, desprovido de qualquer bairrismo e ofensas pessoais que não acrescentam absolutamente nada ao debate. Quando faço meus comentários, faço, porque, como vc bem disse moro nessa cidade e nesse estado, e quero que isso aqui desenvolva, cresça e saia do atrasado em que se encontra. Determinadas pessoas precisam crescer nas suas idéias e parar com essa mentalidade tacanha de que não se deve ter lei e ordem…que aqui se pode fazer tudo.
    É por isso, infelizmente, que estamos nos piores indices de IDH do País.

  • Robson martins ferreira

    Zeca,o artigo 8° COMPETE AO ARBITRO PROVIDENCIAR NO BANCO DE RESERVAS SÓ ESTEJAM ALÉM SETE ATLETAS MAIS CINCO PESSOAS CREDENCIADAS PELOS CLUBES DISPUTANTE, A SABER O TRINADOR, O ASSISTENTE TÉCNICO DO TREINADOR, O PREPARADOR FISICO E O MEDICO E MASSAGISTA.SABEMOS QUE O REGULAMENTO CBF É MAIOR, MAIS É BOM LEMBRAR, FMF TEM O SEU REGULAMENTO GERAL DAS COMPERTIÇÕES, QUE DIZ NO SEU ARTIGO 17° b) OBSERVAR QUE NO LOCAL DESIGNADO AO BANCO DE RESERVAS SÓ PODERÃO ESTAR, ALÉM DOS SETE ATLETAS SUPLENTE, MAIS QUATRO PESSOAS CREDENCIADAS PELO CLUBE DISPUTANTE, A SABER ; O TRINADOR, O PREPARADOR FISÍCO O MEDICO E O MASSAGISTA OU ENFEMEIRO. ENTÃO ENTÃO ZECA SOARES, NÃO PODE FICAR ASSITENTE TÉCNICO A MENOS QUE O QUE O PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO CONVOQUE O CONSELHO OU O DEPARTAMNETO TECNICO DA FEDERAÇÃO E COLOQUE QUE APARTIR DAI NÓIS ARBITRO PERMITIREMOS O ASSITENTE TÉCNICO NO BANCO DE RESERVAS. SE AU OBDECER O RGC DA CBF EU ESTOU INDO CONTRA RGC DA FMF.EU TEM QUE OBDECER DA FMF E NÃO DA CBF. OUTRA COISA NO MEU JOGO NÃO FICOU, E SE FICOU O QUATRO ARBITRO ESTAVA ERRADO AO PERMITIR MESMO CONHECENDO O RGC DA FMF, QUE EU NÃO ACREDITO NESSA POSSIBILIDADE QUE ELE FOI ORIENTADO POR MIM NÃO ACEITAR, QUANDO O MESMO FOI NO VÉSTIARIO DO MARANHÃO COMUNICAR QUE O ASSITENTE TÉCNICO NÃO PODERIA FICAR NO BANCO.

    RESPOSTA: ENTÃO VAMOS RASGAR O REGULAMENTO DA FMF.

  • João

    Parabéns a Drª Litia, o esporte no Maranhão precisa ser tratado de maneira respeitos, dentro da lei e com muita responsabilidade, e se necessário, deve interdar os estádio sim …!!! Talvez assim os representantes do executivo ludovicense passem a cumprir com a lei. Todos sabem que muitos recursos públicos já foram gastos e as obras naquele estádio, desde a gestão do Miguel Pinheiro, que conseguiu recursos do Ministério dos Esportes, acontece que os benefícios não aparecem, nos últimos anos forma gastos mais de R$18.000.000,00 no Nhozinho Santos, alem dos valores da arrecadação com os jogos, do qual não são contabilizado pelos órgão de controle fiscal das três esferas de Governo, (dinheiro limpo que vai para mão da FMF e do secretário Municipal) a muitos anos. Do outro lado estão os amantes do Futebol frequentando uma praça de esporte ultrapassada, sem segurança, insalubre, e para os atletas que não sabem, tomar banho ali, é um perigo! A cisterna do estádio tem infiltração da fossa, há muitos anos,…e te hj nada foi feito!!
    A legislação está ai para ser cumprida. Resolver o problema depende de interesse do prefeito que parece não se importar muito com a posta, pois entrega na mão do presidente da Câmara “Pereirinha” que determina tudo por lá!!! Outra saída é a investigação minuciosa das obras executadas no estádio nos últimos anos. Gastaram muito e não cumpriram o que o MP recomendou.
    É triste ver o representante da entidade responsável pelo desenvolvimento do Futebol no Estado, em vez de apoiar o MP, por melhorias no estádio, e segurança para a população, faz é criticas… tenha paciência presidente, vamos ajudar e não atrapalhar, muitos recursos estão sendo gastos, fruto do nosso imposto pago aos cofres públicos, para não ter o retorno satisfatório na hora do lazer dos Ludovicenses.
    É por isso, infelizmente, que estamos nessa condição. Vamos acordar e exigir melhorias.

  • Renato

    Zeca, a promotora está correta, alguem tem que dar um basta nessa de maquiar estadio e superfaturar. Quantas e quantas reformas já nao foram feitas nos ultimos 12 anos no Nhozinho Santos? Agora também é preciso que se diga, que a 1 ano atras o Sampaio e IAPE superlotaram esse estadio nos seus jogos pela Copa do Brasil, e ai veio à tona mais uma vez a questão da recuperação do Castelão. Naquela época voce mesmo foi um dos cobradores para que o governo do estado desse inicio à reforma do Castelao, pois todos sabem a falta que o Estadio Castelao faz para o futebol maranhense e que no ano de 2012 teriamos representantes novamente na Copa do Brasil. Certo é que nao vamos ter Nhozinho e nem Castelão e o Sampaio vai ter que jogar fora de seus dominios novamente por culpa de um governo descompromissado com o nosso futebol. Tenho a impressão que essa morosidade na recuperação se deve ao nome do Estadio. E essa reforma anunciada pelo governo do estado, inclusive anunciando jogo das Seleções de Brasil e França sem que as respectivas Federaçoes dos dois paises tenham conhecimento disso. Nao queremos um Castelao ou Sarneysao para Brasil X França. Queremos um estadio para Moto X Sampaio X Maranhao X Moto. Mudando o foco, O Sr. ROBSON MARTINS TA PRECISANDO E MUITO DE AULAS DE PORTUGUES, COMO É QUE UM ARBITRO FAZ UM COMENTARIO COM TANTOS ERROS, ACREDITO QUE SUAS SUMULAS DEVEM SER MOTIVOS DE PIADAS NA FMF E NA CBF. POR FAVOR SEU ROBSON PROCURE UM CURSINHO. TA ESCREVENDO PIOR DO QUE ALUNO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS, SEM PRECONCEITO É CLARO.