Cidade Negra faz grande show em São Luís

A banda Cidade Negra prestou homenagem ao ex-vocalista Ras Bernardo, durante apresentação nesta sexta-feira em São Luís. “Ei, ei, estamos aí para o que der e vier”, era o refrão da canção “Falar a verdade” dedicada ao cantor que foi baleado e se recupera após atentado no Rio de Janeiro.

O show foi uma grande celebração. “È uma honra para o Cidade Negra tocar num dos templos sagrados do reggae”, disse Toni Garrido para delírio do público que lotou o Trapiche.

O repertório foi recheado de pedras e os grandes sucessos do CN. Não poderia faltar a homenagem a Bob Marley. Teve áté uma brincadeirinhas com as torcidas de Moto e Sampaio. E no fim uma canja mais do que especial para a rapaziada da casa, os meninos do Raiz Tribal voltaram ao palco e dividiram duas canções com a banda carioca.

E por falar nisto, o Trapiche tem sido palco principal das bandas desconhecidas do grande público maranhense. Fica o recado ao Ricardo Auera Auara que continue dando essa oportunidade à prata da casa. Valeu!!!!

3 comentários para "Cidade Negra faz grande show em São Luís"

  • Cris

    Verdade… O show foi tudo isso mesmo adooooooorei Cidade Negra é tudo!!!!!!!!!!!!!!!!

  • DECO

    Fui ao show do cidade negra pela segunda vez e nas dus vezes foram ótimas comTony perguntando qual a maior torcida Moto ou Sampaio foi assim também na Vila palmeira no festival de Reagge que isso sirva de exemplo para essas bandinhas de M…daqui de São Luís, quando os imbecis sempre vem a mesma imbecilidade perguntando durante o show qual é a maior torcida das m…de fora pena que o MACÃO nem lembrado é mais, parabéns CN é assim que se faz sempre respeitando a cidade onde está fazendo o show, em belém é sempre assim não sei se por força de contrato mais em todos os shows seja banda de onde for do Brasil ou não a pregunta de sempre é: Papão ou Leão, porque não é assim aqui também. Que o exemplo do Tony seja seguido e que a partir de outros shows os promotores lembrem aos contratados que aqui em São Luís, gostamos de futebol e que aqui tem três times de tradição: Papão, Tubarão e Macão, quem sabe os jovens do seculo XXI não passem a gostar também do nosso futebol.

  • Paulo da Cohama

    Primeiro Deco tem que mudar a cabeça maluca desses jornalistas e radialistas daqui que vivem fazendo marketing para esses clubes do SUL.