Beija-Flor homenageia Joãosinho Trinta em ensaio

Com uma homenagem ao carnavalesco Joãosinho Trinta, que morreu em 17 de dezembro, a escola de samba Beija-Flor abriu, na noite deste domingo (8), a temporada de ensaios técnicos na Marques de Sapucaí, no Centro do Rio. Nem mesmo a chuva que caiu sobre a cidade espantou o publico que compareceu em peso para assistir à atual campeã do carnaval carioca.

À frente dos 15 componentes da comissão de frente, a escola exibiu uma faixa com a foto do carnavalesco e a frase “Joãosinho Trinta, a família Beija-Flor se orgulha de ter feito parte de sua história”. Joãosinho ficou por 17 anos na Beija-Flor, sendo campeão cinco vezes, entre 1976 e 1983, com desfiles antológicos, como o “Ratos e urubus larguem a minha fantasia”, de 1989.

Antes do samba de esquenta, Laíla, diretor de harmonia, disse que Joãosinho também será lembrado no enredo deste, “São Luís – O poema encantado do Maranhão”, desenvolvido por uma comissão de carnaval, que vai falar sobre a cidade natal do carnavalesco: “Hoje abrimos os ensaios com uma homenagem mais do que justa ao maior mestre do carnaval”, disse ele.

A pouco menos de dois meses para o carnaval, as obras de ampliação do Sambodromo seguem em ritmo acelerado. A inauguração, que estava prevista também para este domingo, foi adiada para o dia 12 de fevereiro, com uma lavagem simbólica da nova Passarela do Samba. A manicure Luciene Santos, de 25 anos, gostou do que viu.

“Eu acho que está ficando chique. Vai ficar diferente e mais espaçoso. Quem gosta de samba vai ter a oportunidade de ver o maior espetáculo da Terra de um novo ângulo. A gente estranha um pouco ao ver ainda no esqueleto, mas quando estiver tudo pronto, acho que vai ficar realmente lindo”, disse ela, que mora em Pilares, no subúrbio, que foi acompanhada da família.

Comissão com a cara da comunidade

Enquanto a escola de preparava para entrar na Avenida, o coreógrafo Fabio de Mello repassava as orientações com os componentes da comissão de frente, todos da comunidade. Estreante na azul e branca de Nilópolis, na Baixada Fluminense, Fabio contou que a coreografia que será usada no dia do desfile não será apresentada durante os ensaios técnicos.

“Por questões técnicas não poderemos mostrar a coreografia oficial. Os componentes virão como mestres de cerimônia, puxando o samba e animando o público. Mas o tempo todo também estaremos trabalhando, discutindo as mudanças com a reforma e a posição dos jurados. O que eu posso dizer é que faremos algo nunca visto na Sapucaí”, explicou ele.

G1

Seja o primeiro à comentar em "Beija-Flor homenageia Joãosinho Trinta em ensaio"