Passarela do Samba vira a Cidade da Saúde

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) inicia, hoje, às 9h, uma ampla de ação de prevenção do diabetes e dos cinco tipos de câncer de maior ocorrência no Maranhão, no Aterro do Bacanga, na área onde é montada a Passarela do Samba. No local serão oferecidas consultas médicas, exames preventivos e palestras educativas, além da promoção de atividades físicas e da coleta de sangue pelo Centro de Hemoterapia e Hematologia do Maranhão (Hemomar). Para completar o atendimento, um caminhão do Viva Cidadão foi instalado na área para a emissão de documentos.

O atendimento será diário, das 8h às 18h, até dia 30 de novembro, dentro do calendário de atividades propostas pelo Ministério da Saúde que inclui o Dia Mundial do Diabetes (14 de novembro), Dia Nacional do Doador de Sangue (25 de novembro) e Dia Nacional de Combate ao Câncer (27 de novembro). A intenção é facilitar o acesso da população aos serviços que visam à prevenção do diabetes e do câncer. Para tanto, a estrutura inclui o hospital de campanha, o mamógrafo móvel, equipamentos para a realização de exames como coloscopia e próstata, e laboratório. Pelo menos 300 pessoas deverão ser atendidas diariamente no local.

Para atender as pessoas com suspeita do diabetes, a SES disponibilizará clínicos gerais e oferecerá, ainda, os testes de glicemia capilar, que podem ser feitos sem que o paciente esteja em jejum. Também haverá a verificação de pressão arterial. Só de atendimentos nessa área, serão mais de dois mil. As pessoas que apresentarem sinais e sintomas da enfermidade, ou até complicações, no caso dos já diagnosticados, terão como referência o Centro de Medicina Especializada (Cemesp).

Na área de prevenção do câncer, urologistas, dermatologistas, ginecologistas, pneumologistas e mastologistas prestarão atendimento no local, podendo encaminhar, caso necessário, os pacientes para a realização de exames como PSA (detectação do tamanho da próstata), penioscopia (detecção de lesões no pênis), papanicolau (preventivo), mamografia (detecção de nódulos) e biópsia da mama. A estimativa é realizar mais de quatro mil procedimentos somente nessas cinco áreas.

O foco principal serão os cinco tipos de câncer que mais matam no Maranhão: pênis, próstata, colo de útero, mama e pele. Os hospitais de referência para os casos de encaminhamento serão o Tarquínio Lopes Filho (Geral) e o Centro de Saúde Genésio Rêgo, na Vila Palmeira.

Para receber a população, a Passarela do Samba foi transformada na cidade da saúde, com a utilização de uma área de três mil metros quadrados onde foi instalada uma grande tenda em formato espacial, com um auditório com capacidade para 100 pessoas, onde acontecerão as ações de educação em saúde, a exemplo das palestras proferidas por profissionais de diferentes áreas, abordando as temáticas do câncer e do diabetes.

3 comentários para "Passarela do Samba vira a Cidade da Saúde"

  • Reginaldo

    Muito boa a iniciativa, oxalá que o Governo do Estado entrenda que é importante fazer essas ações permanentemente e de preferência levar aos bairros onde está a população mais carente e que não tem acesso aos principais hospitais da cidade.

  • Quitéria Rocha

    Excelente iniciativa, tomara que ela se repita sempre, principalmente ,com as comunidades carentes.

  • Tony Meneses

    Indiscutivel a capacidade de mobilização do Secretário Ricardo Murad, merece meu respeito.