Disque Denúncia lança recompensa por Mojó e Elias

O Disque Denúncia Maranhão lançou  recompensa no valor de R$ 1 mil por informações que levem ao paradeiro das duas pessoas envolvidas no assassinato do empresário Marggion Ferreira, ocorrido no último dia 14 de outubro.

A polícia pediu as prisões do vereador de Paço do Lumiar Edson Arouche Júnior, conhecido como Júnior Mojó, e do corretor de imóveis Elias Orlando Nunes Filho.

Os dois foram indiciados como mandantes do crime. Segundo a Polícia, os dois teriam contratado o ex-presidiário Alex Nascimento para matar o empresário por conta de uma briga por um terreno no Araçagi que havia sido comprado por Marggion e depois por outras três pessoas.

Informações podem ser repassadas ao Disque Denúncia [3223-5800 capital e 0300-313-5800 interior] que garante sigilo absoluto e funciona 24 horas.

Seja o primeiro à comentar em "Disque Denúncia lança recompensa por Mojó e Elias"