Ato contra a violência no trânsito e pela Justiça

Familiares e amigos de Solange Maria Cruz Coelho e Ubiraci Silva Nascimento Filho vão realizar nesta quarta-feira, às 18h, na Avenida Litorânea um ato em protesto contra a violência no trânsito e pela Justiça.

Solange e Ubiraci foram atropelados e mortos na noite do último sábado, na Avenida Litorânea por Rodrigo Araújo Lima, de 22 anos que conduzia o veículo Toyota Corola de cor prata, placa HPT 2549.

Na segunda-feira, após pagamento de ficança de R$ 6 mil, Rodrigo Lima já estava em liberdade.

O fato chocou a população de São Luís.

Leia mais:

Até quando o trânsito vai tirar a vida de inocentes?

Liberação de condutor cria ‘sensação de impunidade’

Uma resposta para "Ato contra a violência no trânsito e pela Justiça"

  • CESAR FMF

    Voce colocou: liberação de condutor cria sensação de impunidade, enquanto isso “universitário” em São Paulo ivadem Universidade querendo proibir policiamento, solicitado pela universidade para garantir a segurança dos que vão lá realmente para estudar, aqui duas vidas preciosas para Deus e para a familia foram avaliadas pelo preço de R$ 3.000,00 cada uma, quer dizer! quem tem dinheiro tem o direito de matar e ficar por isso mesmo, pergunto! quando o povo vai às rus exigindo a reformulação desse código penal de criado pasmem em 07/12/1940? eles os assasssinos do transito enchem a cara de cachaça de drogas pesadas saem por aí não escolhendo condição social das suas vítimas porque eles sabem que matam porque tem dinheiro para a fiança o dinheiro que os proteje, dou uma sugestão a quem estipula o preço que apartir de agora avaliem a vida de uma ser humano pelo menos em 1.000.000,00 não vai aliviar ma dor do coração dos entes queridos mais talvez assim a criminalidade terá o fim tanto desejado, senão será criada a lei o olho por olho e dente por dente, porque com certeza nem todos pais, mães e irmãos reagem da mesma maneira.