Preso o suspeito de matar empresário no Araçagi

O ex-presidiário Alex Nascimento de Sousa foi encontrado por equipes da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) em um quarto no bairro São Raimundo. Ele é suspeito de disparar o tiro que matou o empresário Marggion Lanyere Ferreira Andrade, de 45 anos, no dia 14 de outubro, em um terreno no Araçagi.

A Polícia Civil ouviu o depoimento de Alex Sousa ainda na noite desta segunda-feira, mas será apresentado apenas nesta terça-feira.

Alex Nascimento de Sousa foi apontado como o executor do empresário pelo caseiro do terreno e seu cunhado, Roubert Sousa dos Santos, de 19 anos, e por um adolescente de 15 anos, ambos envolvidos na morte do empresário. Alex de Sousa estava foragido desde o sábado, dia 15 de outubro, quando o corpo do empresário foi encontrado enterrado no terreno.

Investigações

De acordo com as investigações da polícia, o crime foi motivado por uma disputa pela posse do terreno, já que o lote foi vendido pela imobiliária Territorial, pertencente a Elias Orlando Nunes Filho, para três pessoas diferentes. Marggion teria sido o primeiro comprador e estava tentando construir no local.

Segundo depoimento do caseiro que trabalhava para o empresário Marggion Lanyere, Roubert Sousa dos Santos, 19 anos, o mandante do crime foi o corretor Elias Nuves Filho. O corretor chegou a ser preso como mandante do crime, mas, em menos de 24 horas, conseguiu um habeas corpus e está em liberdade.

O caseiro, que era o principal suspeito de matar o empresário, foi preso logo depois que o corpo foi encontrado, junto com um adolescente, de 15 anos, que também foi apreendido.

Roubert Sousa contou à polícia que o corretor Elias Nunes propôs pagar a ele a importância de R$ 5 mil para que matasse Marggion. Em casa, disse ter comentado o fato com o cunhado e ex-presidiário Alex Nascimento de Sousa, que já havia trabalhado para Marggion e Elias, respectivamente. Alex então teria afirmado que o corretor ofereceu a ele R$ 12 mil para assassinar o empresário. “Ele me convidou juntamente com adolescente para matar Marggion. Alex me prometeu R$ 2 mil e R$ 1 mil para o adolescente”, disse Roubert à polícia.

Na sexta-feira, dia 14 de outubro, eles cavaram uma cova no terreno e, quando Marggion Lanyere chegou no local, Alex disparou na nuca do empresário, de acordo com o depoimento do caseiro. Roubert e o adolescente teriam carregador o corpo de Marggion para a cova.

Com base nos depoimentos de Roubert e do adolescente, a polícia fez a reconstituição do crime nesse domingo (23).

Imirante

Seja o primeiro à comentar em "Preso o suspeito de matar empresário no Araçagi"