Justiça 4 x 0 Alberto Ferreira

O que ainda poderia estar alimentando a vontade do presidente afastado da Federação Maranhense de Futebol, Alberto Ferreira, que luta na Justiça para voltar ao comando do nosso falido futebol? Nem o clamor popular e muito menos a investigação do Ministério Público que comprovou diversas irregularidades na FMF foram suficientes para tirar a vontade de Alberto Ferreira em insistir no que está perdido.

Foram quatro derrotas consecutivas na Justiça. Senão vejamos. Primeiro, Alberto Ferreira tentou um Habeas Corpus para parar a investigação. A liminar foi negada: 1 a 0. Depois, no julgamento do mérito, o placar era ampliado para 2 a 0.

Veio o pedido do Ministério Público. E o juiz Josemar Lopes Santos não teve dúvida e, diante de tudo que foi investigado pelo MP, interrompeu um ciclo de mais de 21 anos no poder de Alberto Ferreira: 3 a 0.

Insatisfeito, o presidente afastado tentou um efeito suspensivo. Ontem, o desembargador Marcelo Carvalho foi implacável e não quis saber de conversa. Mandou mais uma bola para a rede: 4 a 0.

Em seu despacho, o desembargador Marcelo Carvalho diz algo que merece profunda reflexão.

“E no Maranhão? Pobre Maranhão, já não basta toda miséria que o assola, já não basta a carência nas principais e mais básicas necessidades de saúde, educação, alimentação, moradia, que a Consttituição  Cidadã garantiu a todos como direitos sociais, direitos fundamentais de segunda geração, ainda temos que conviver com essa realidade no campo do futebol, da péssima gestão que a Federação Maranhense vem fazendo há anos. A situação é caótica! Os elementos dos autos, colhidos em laborioso inquérito civil, demonstram claramente as irregularidades na movimentação financeira da Federação Maranhense de Futebol”.

E então, alguém discorda do que escreveu o desembargador?

Acredito que não. Aliás, pensando um pouco mais acho que sim, o presidente afastado Alberto Ferreira.

Bom, é um direito dele querer continuar esse jogo, até porque fica claro que apesar da goleada ainda não se deu por vencido.

Derrotado ou não, a cada recurso Alberto Ferreira vê o tempo passando.

Até onde terá pernas para correr na tentativa de virar o jogo, ninguém sabe. Só tempo dirá.

4 comentários para "Justiça 4 x 0 Alberto Ferreira"

  • LUCAS

    O DESEMBARGADOR MARCELO CARVALHO, SABE QUE O MARANHÕ TEM PROBLEMAS, N SAÚDE, EDUCAÇÃO ETC, SERÁ QUE ELE NÃO TEM PODER PARA PUNIR O RESPONSÁVEIS PELAS CARENCIAS QUE ASSOLA O MARANHAO QUE ELE CONHECE BEM, SERA QUE ESSA QUE ESSE DISCURSO É PORQUE ALBETO FERREIRA É MAIS FRACO, SE EU NÃO ESTO ENGANADO QUANDO DO ULTIMO AUMENTO DAS PASSAGENS A SRA. LITIA FALOU QUE IRIA RESOLVER O PROBLEMA DO ABUSO DO AUMENTO, ELA SAIU DE FERIAS E VOLTOU E NUNCA MAIS TOCOU NO ASSUNTO, SERA QUE A PROCURADORIA NÃO ASSISTE OU LÊ OS JORNAIS ONDE TODO DIA TEM RECLAMAÇÃO DO PESSIMO ATENDIMENTO NOS POSTOS DE INTEGRAÇÕES ONDE JÁ HOUVE ASSASSINATO, ROUBOS E MAIS COISAS ABSURDAS QUE SE POSSA IMAGINAR, SERA QUE O PROBLEMA DA FEERAÇÃO E FUTEBOL É MAIS IMPORTANTE PARA A POPULAÇÃO QUE OS PROBLEMAS CITADO ACIMA, OU PORQUE SERA QUE USAS OS TERMINAIS SÃO PESSOAS UMILDES.

  • joanir

    ACERTEI E FALEI QUE O JUIZ DA FINALSERIA ROBSON MARTINS OU MARCELO FILHO ,E DEU ROBSON MARTIS SEGURA JOGO ,ESTÁ TUDO ARMADO KKK

  • Américo Cardoso

    A perna de Alberto Ferreira é José Ribamar Matques, ex presidente do TJDMA, que pena! Ele só está se desgastando, ou melhor, está desgastado.

  • José Carlos Lobato olIveira MAQUEANO

    JOANIR
    Isso é certeza absoluta!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    É um dos motivos do futebol maranhense não crescer.