Tadeu Palácio defende aliança PP, PSB, PPN e PCdoB

O ex-prefeito de São Luís e ex-secretário de Estado do Turismo, Tadeu Palácio foi entrevistado nesta quinta-feira, pelo jornalista Roberto Fernandes, no programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM. Tadeu explicou os motivos que o levaram a deixar o governo do Estado e o PMDB, defendeu uma aliança de quatro partidos e confirmou a sua ida para o PP.

– É nós já estamos com tudo pronto para a filiação que pode acontecer ainda hoje ou amanhã, nós estamos dependendo só da chegada do deputado Waldir Maranhão que é o presidente da Executiva Estadual do Partido e nós estamos assumindo o Diretório Municipal, mas é o PP sim, o partido pelo qual nós vamos nos filiar.

Tadeu Palácio defendeu uma aliança entre quatro partidos: PP, PCdoB, PSB e PPS.

– Essa é uma questão que as pessoas levantam porque as pessoas gostam de ver as coisas como se elas já estivessem prontas. Eu acho que tudo na vida para dar certo tem que ter planejamento. Eu poderia, nós estamos muito próximos, eu e o Flávio, eu o apoiei queando ele foi candidato a prefeito de São Luís. Poderia estar me filiando ao PCdoB, mas nós procuramos fazer uma aliança e isto quer dizer o seguinte: que eu estou no PP, sou pré-candidato do PP, o Flávio é o pré-candidato do PCdoB, o Roberto Rocha está como pré-candidato no PSB e a deputada Eliziane Gama, no PPS. Nós estamos conversando para que a gente possa fazer uma frente de partidos e políticos para que a gente possa entrar nesta competição de forma planejada, de forma organizada, com foco para desenvolver um trabalho muito bom em São Luís como nós já fizemos uma vez. Quando eu digo nós, as pessoas que já estiveram comigo e estão se juntando novamente para fazer novamente esse trabalho. Então não é uma questão fechada: eu tenho que ser o candidato a prefeito. Nós estamos consolidando um grupo, exatamente com o objetivo de fazermos um trabalho para disputar com força a eleição em São Luís.

Sobre a participação do PP no governo Castelo, o ex-prefeito Tadeu Palácio afirmou que no momento certo, o deputado Waldir Maranhão e todo o partido jogará no mesmo time.

– Isso é uma questão que tem que ser resolvida pela Executiva Estadual do partido. Eu estou me filiando, eu estou adentrando no partido agora. Isto é um assunto que eu não tenho como falar, infelizmente. Nós estamos trabalhando um projeto conjunto para um plano único que é a sucessão de São Luís. O atual prefeito vai ser candidato. Com absoluta certeza, eu conheço o Waldir, ele não joga em dois time. No momento em que nós temos um projeto de participar da eleição ele vai estar junto conosco. Nós nunca falamos sobre este assunto, este assunto não foi colocado como condição para a minha entrada no partido – explicou.

Tadeu Palácio explicou as razões que o levaram a deixar a Secretaria Estadual de Turismo e pedir a sua desfiliação do PMDB.

– Eu acho que na vida a gente tem que ter uma coisa chamada respeito e gentileza. Eu era um filiado do PMDB e de repente nós não tínhamos nenhuma aproximação com a direção do partido. Eu era um secretário de Estado pelo PMDB, do governo estadual e no momento em que o partido começou a tomar medidas ao anunciar um candidato, sem conversar com a sua base porque eu me considerava uma base do partido. Eu tinha mais que tomar uma providência e a providência qual é? Quem está incomodado que se mude. Eu pedi para sair. E porque então que eu saí então do governo do Estado? Porque eu era do PMDB. O governo é do PMDB, eu era secretário no partido e tinha que ser coerente comigo mesmo. Pedi a minha desfiliação do partido e automaticamente  pedi para sair do governo sem nenhum tipo de problema com o governo estadual. É uma questão de foro íntimo. Eu não estava feliz no partido e eu tive que sair. A razão é só essa – finalizou.

 

3 comentários para "Tadeu Palácio defende aliança PP, PSB, PPN e PCdoB"

  • Francisco Silva

    Tadeu Palácio está mais do que correto ao sair do governo e do PMDB.

  • Gilmar Cavalcante

    E impressionante o que Tadeu Palacio gerou com sua ida para o PP.
    Castelo ta p da vida porque agora tem gente de peso concorrendo
    Soares perdeu o PP
    Roseana, ficou mais dificil pro Max agora
    Blogueiro Careca e Vendido, nao consegue influenciar nem eleição de Sindico
    Fortalecido mesmo saiu WALDIR, TADEU, FLAVIO, ROBERTO ROCHA E ELIZIANE GAMA.

    A Governadora menosprezou um nome que saiu da prefeitura com 72% de aprovação popular. Fiquei sabendo por fontes médicas que ela começou a passar mal e vomitar no helicoptero quando soube que Tadeu iria se filiar ao PP.

  • Gildásio

    Esse aí Zeca está morto para a política vai no máximo ser um vice de alguém, pois só serve para isso.