Justiça ordena que 40% voltem ao trabalho nos Correios

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) João Oreste Dalazen determinou nesta quinta-feira (6) que 40% dos funcionários de cada unidade dos Correios voltem ao trabalho nesta sexta. Caso a decisão seja descumprida, a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) terá de pagar R$ 50 mil por dia de multa.

G1

Uma resposta para "Justiça ordena que 40% voltem ao trabalho nos Correios"

  • Gildásio

    Fica muito difícil fazer greve neste país porque a Justiça logo julga irrregular será que os trabalhadores nunca estão com razão?