O novo hit de Magno Bacelar

Não tem jeito mesmo para o deputado Magno Bacelar (PV).

Primeiro virou notícia ao propor um título de Cidadão Maranhense a Roberto Dinamite, presidente e maior ídolo do Vasco da Gama. Tudo por conta da conquista da Copa do Brasil.

Em seguida, Ao reivindicar recursos para os municípios da Região do Baixo Parnaíba, o deputado “Nota 10″ afirmou durante sessão especial com o secretário de Saúde, Ricardo Murad:

“Imperatriz já ganhou até demais secretário. Tudo agora na Saúde é só para Imperatriz, que fica lá no cafundó do Judas, no quintal do Maranhão”.

Agora, o deputado foi à Tribuna para mais uma de suas pérolas. Foi tentar fazer a defesa do senador José Sarney sobre o que disse o vocalista Dinho, do Capital Inicial, no Rock in Rio. Vejam só o que disse o deputado:

“Eu já estive no Rock Rio. É um ambiente onde tem criança, tem jovem, tem tudo. E muitos dos ‘metaleiros’ vão ali drogados, maconhados e vão, de certa forma, uma pequena minoria da população, 100 mil habitantes, para se utilizar da boa vontade das pessoas ali presentes”, afirmou.

Bem, se o objetivo do deputado é espaço na mídia diria que a cada pronunciamento que faz ele é alcançado. Particularmente não acredito que seja isto. A crítica que faço não é pessoal. Não faço campanha alguma e muito menos estou perseguindo quem quer que seja.

Mal assessorado ou sem assessoria alguma, Magno Bacelar parece não ter preocupação com as consequências das suas falas. Diz o que vem na cabeça e o resultado é este aí.

Por isso já virou motivo de piada em tudo quanto é canto e de “Nota 10”, diminuiu e passou a ser chamado de “meio deputado”.

Seja o primeiro à comentar em "O novo hit de Magno Bacelar"