Presidente do TJD diz que pecha de omisso é injusta

Recebi um e-mail do presidente do Tribunal de Justiça Desportiva, Antônio Américo Lobato Gonçalves. O presidente do TJD-MA responde a uma nota escrita e publicada aqui. Gostaria de reafirmar tudo que escrevi hoje no post Lítia pedirá afastamento de toda diretoria da FMF.

Desconheço qualquer iniciativa que tenha sido tomada pelo Tribunal de Justiça Desportiva, nesta ou em outra gestão, no sentido de moralizar o futebol maranhense. Quando isto de fato ocorrer, estarei aqui, para aplaudir e dar a minha contribuição como cidadão e desportista.

Até naquele escândalo da 2ª divisão, o TJD somente fez alguma coisa depois que a competição tinha sido realizada, mesmo com a presença equivocada do Moto. O Nacional, coitado foi o único a se dar mal. Não pagou as taxas e foi implacávelmente excluído do mapa do futebol maranhense pela Justiça Desportiva. Nada mais.

Bom e o resto? Se fosse apenas isto nenhuma investigação contra a administração de Alberto Fereira teria ocorrido. De fato, o Sr. Antônio Américo afastou Alberto Ferreira, mas diria que foi uma “jogada” para a torcida. Ele sabia que não daria em nada. Se fosse para afastar o presidente da FMF em definitivo , a investigação teria que ter sido outra.

Dizer que não conseguiu falar com a promotora Lítia Cavalcanti por falta de tempo na agenda dela é uma inverdade. Eu mesmo, no exercício das minhas funções de jornalista fui recebido todas as vezes que estive no Ministério Público. Se em algum momento, Dr. Antônio Américo, o Tribunal agiu foi tarde demais.

Quanto à afirmação que fiz sobre o interesse do presidente do Tribunal de Justiça Desportiva em assumir a Federação Maranhense de Futebol vou preservar o direito de não revelar a fonte. Duas pessoas que foram procuradas por Antônio Américo me revelaram o fato.

Eram estes os esclarecimentos que gostaria de fazer. Vejam o que diz o presidente do TJD-MA:

Caro Jornalista Zeca Soares.

Gostaria de fazer alguns esclarecimento.

Primeiro que jamais cruzei os braços durante toda a investigação. Desde o início entrei em contato com a Dra. Lítia Cavalcante e me coloquei à sua disposição para quaisquer esclarecimentos. Ficamos de marcar reunião mas isto nunca ocorreu, posto que, em virtude da agenda sempre cheia da Dra. Lítia, não foi possível o encontro. Por outro lado, a pecha de omisso é injusta. Eu, Antônio Américo Lobato Gonçalves, em toda a história dos Tribunais de Justiça Desportiva do Brasil, fui o único Presidente de TJD a afastar, por decisão monocrática, um Presidente de Federação. Ocorre que, cumpridas as determinações, não seria possível manter o afastamento. É que o princípio da legalidade impôs essa postura.

E mais, ainda no curso das investigações designei sessão do TJD/MA para analisar a situação, mas, como eu não pude comparecer à respectiva sessão, eis que naquela data adoeci fortemente (dengue), o Sr. Vice-Presidente do TJD/MA decidiu por adiar a sessão por 15 dias. Quando a sessão ocorreu o pleno do Tribunal, por 8 votos contra 1, decidiu aguardar a conclusão das investigações do MP e, diante do material a ser solicitado do MP, decidiremos o que fazer. O único voto a favor de iniciar Inquérito desde já para apurar possíveis irregularidades na FMF foi meu, mas, como fui voto vencido e no regime democrático devemos nos curvar diante da decisão da maioria, assim agi.

Por fim, quero esclarecer que jamais me candidatei ao cargo de Presidente da FMF, desafio a quem quer que seja afirmar e provar que me viu declarar esse propósito. Portanto, não corresponde à verdade a afirmação, e muito menos que eu esteja montando a Diretoria.

Se meu nome está sendo lembrado ou sugerido, reafirmo, não é por iniciativa minha, entretanto, por dever de honestidade e transparência que sempre me conduzo, não posso deixar de me orgulhar com a lembrança, pois demonstra que o trabalho que desenvolvo à frente do TJD me coloca em situação de credibilidade.

Um abraço.

2 comentários para "Presidente do TJD diz que pecha de omisso é injusta"

  • Clemilton Ferreira

    Curto e grosso: è como trocar 6 por meia dúzia ou então, tirar uma raposa e colocar outra para tomar conta do galinheiro

  • fernando 81

    Você está correto ZECA, parabéns, isso é que é fazer jornalismo isento e responsável com a verdade dos fatos.
    Este e-mail resposta do Presidente do TJD Antonio Américo só reforça o que você disse anteriormente…NÃO FIZERAM NADA…FORAM OMISSOS…tanto o presidente quanto os demais membros do TJD.
    É muito fácil dizer que vai esperar a investigação do MP para poder se posicionar…Ora, me compre um bode (não o gregório, claro)…
    As investigações acabaram e agora o Alberto Ferreira vai ser botado pra fora é pela Justiça Comum, pela polícia…porque eles tem que ser tratado assim…Tá chegando a hora…Alberto Ferreira logo logo vai ser algemado….e os comparsas bem que deveriam ser também.
    Logo logo a Brilhante Promotora Lítia vai desmintir essa estória de que agenda dela tava cheia…tenho certeza que ela mesma tinha todo interesse de receber o Antonio Amério pra saber porque ele foi tão omisso.