Presidente da FMF entra com pedido de Habeas Corpus

O presidente da Federação Maranhense de Futebol, Alberto Ferreira deu entrada no Tribunal de Justiça no pedido de um Habeas Corpus preventivo. O pedido foi encaminhado no último dia 4.

O presidente da FMF teme ser preso por conta do Inquérito Civil Público aberto pelo Ministério Público para investigar indícios de irregularidades na Federação Maranhense de Futebol.

Alberto Ferreira se negou a enviar ao Ministério Público os documentos requisitados pela Promotoria do Consumidor e garantiu que só encaminhará os itens solicitados se a Justiça determinar. Além disso afirmou por meio de ofício que o Ministério Público não tem legitimidade para investigar a Federação Maranhense de Futebol.

O relator do pedido de Habeas Corpus será o desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos.

4 comentários para "Presidente da FMF entra com pedido de Habeas Corpus"

  • Antonio Pedro.

    Estão procurando um “bode espiatório”, um culpado pela decadência do futebol maranhense e culpam o Presidente Alberto. Ele tem, sem dúvida, a sua parcela de culpa, porém, os verdadeiros culpados são os cartolas de hoje e de ontem do futebol maranhense que se
    apossaram dos clubes apenas para tirar proveito, por interece próprio, político ou econômico ao longo dos tempos.
    Que culpa tem Alberto ferreira da falta de investimentos sérios nas categorias de base do clubes maranhenses? E dos seguidos secretários de esportes que não conseguém terminar reformas no castelão, e as verbas? O mesmo acontece com o Nhozinho Santos.
    A federação não pode ser culpada pela incompetência e intereces pessoais de tantos dirigentes.
    As perseguições a alberto ferreira tem dois motivos : estão de olho, interessados no repasse mensal da CBF e também mudar o foco das atenções do torcedor. Os cartolas atuais tentam transferir suas incompetências, suas gestóes nos clubes, boatando a culpa na FMF. O torcedor tem que ficar esperto.
    Só falta agora culpar a FMF pela derrubada do Costa Rodrigues e pelas negociações que envolvem os únicos patrimônios de alguns clubes – suas sedes e centro de treinamentos… é esperar e conferir.

  • Veronildo Lima Ferreira

    Respeito à opinião do Antonio Pedro, mas não concordo quem quer a saída e/ou a organização do futebol do Maranhão é o torcedor, que é o maior prejudicado. Além do mais, o que acaba com futebol é a falta de organização das competições pela federação que chega a fazer uma tabela em que os times passam até 21 dias sem disputar uma partida, agravando ainda mais a situação financeira dos clubes. Portanto, entendo que uma federação organizada, cumpridora das leis que regem o futebol obrigaria o filiado a também se organizar. Será que não é tempo demais uma pessoa passar quase 20 anos ocupando um cargo?

  • Zé Toucinho

    Alberto Ferreira deveria dar uns workshops de como subir de cargo em empresas…
    O cara entrou como “Continuo” (auxiliar de serviços gerais) e hoje é dono de uma rede de padarias na grande São Luis.
    Quem não deve não teme…
    Mande os documentos presidente e pronto!

    Saudações Motenses!

  • Rodrigo Soares

    Querido amigo Veronildo Lima Ferreira, você está um pouco por fora do que realmente acontece no futebol maranhense, não é a federação que modifica as tabelas, são os clubes mal-estruturados, desorganizados que solicitam as alterações nas datas e horários dos jogos e, o que é pior, quase sempre às vésperas do confronto, aí amigo só resta à Federaçãoatender… São os clubes (Conselho Arbitral) que determinam as datas, horários dos jogos de todas as competições, a Federação só homologa, o que é justo, pois são os clubes os maiores interessados. Garanto a você que se o Alberto sair da Presidência da FMF, o futebol maranhense pode até piorar, pois se você não sabe, essa briga é política, tem um grupo político, aquele que nós bem conhecemos, que está por trás dessa celeuma. É o único segmento (o futebol) que eles ainda não possuem, não é verdade? E olhe, olhe bem para as nossas escolas, para os nossos hospitais, observe em qual posição esse grupo polícito oligarca deixou o nosso Maranhão, veja qual posição ocupamos no índice de desenvolvimento humano, agora imagine como ficará o nosso futebol se esse mesmo grupo político, que causou irreparável atraso no desenvolvimento do Maranhão, conseguir a Presidência da Federação Maranhense de Futebol?