Maranhense é ouro aos 54 anos no jiu-jítsu

Uma conquista inédita para o Maranhão. O lutador Eduardo Presoti, de 54 anos, conquistou a medalha de prata no Campeonato Mundial de Jiu-Jítsu Esportivo, realizado no último fim de semana, no Ginásio Ibirapuera, em São Paulo. Além de Presoti, outros nove atletas do Maranhão participaram do torneio. A Seleção Maranhense contou com o apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel).

Eduardo Presoti, que é faixa marrom, competiu na categoria Super Sênior (peso médio). Ao todo, o lutador realizou três combates tendo vencido dois. Para Presoti, a medalha de prata representa o início de uma jornada vitoriosa no esporte.

“Só de estar competindo em nível mundial, aos 54 anos, é uma vitória. É o início de uma longa jornada de vitórias. É o combustível que a gente precisava para continuar firme. É um prazer estar competindo e superar a questão da idade. É algo muito legal”, explicou o vice-campeão mundial.

Para o presidente da Federação Maranhense de Jiu-Jítsu Esportivo, Jairo Vidal, a conquista de Eduardo Presoti é a premiação do trabalho que vem sendo desenvolvido no Estado. Segundo Vidal, esta medalha de prata no Campeonato Mundial é algo inédito para o Maranhão.

“A felicidade é muito grande. É uma medalha importante que um atleta traz para o Maranhão. É a compensação de todo o trabalho. Ele se dedicou muito em busca deste objetivo e conseguiu a medalha. É um feito inédito para o Maranhão”, afirmou.

Eduardo Presoti nasceu no Espírito Santos, mas se considerta maranhense, pois já reside por aqui há 34 anos.

As informações são da Sedel

4 comentários para "Maranhense é ouro aos 54 anos no jiu-jítsu"

  • Gildásio

    Parabéns Eduardo Presoti.

  • Rogério Luna

    Valeu campeão.

  • gojoba

    que grande exemblo

  • Eneas Gomes de Lima

    Este é o melhor aluno do Jairo Vidal