Animal deve ser criado com responsabilidade…

O Centro de Controle de Zoonoses realiza hoje (9), a Semana da Posse Responsável, que é um programa de conscientização relacionado à adoção e criação de animais. Até o próximo dia 15, serão promovidas palestras, debates e entrega de material educativo em diversos pontos da cidade. O projeto também tem como objetivo conter o aumento da população animal de São Luís.

Ontem foi grande a movimentação ontem no prédio de Medicina Veterinária da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), por causa da campanha de esterilização de cães e gatos, promovida pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da universidade. O procedimento cirúrgico custou uma taxa de R$ 10,00, que será encaminhada para a Associação Maranhense em Defesa de Animais (Amada).

Durante todo o dia, o CCZ recebeu dezenas de cães e gatos para serem castrados. A primeira etapa da campanha correspondeu ao cadastro dos animais que serão esterilizados. Foram realizados 85 atendimentos, os animais também passaram por uma consulta, exames de sangue e receberam a dose da vacina anti-rábica.

Os animais cadastrados deverão ser atendidos durante toda a semana no Hospital Universitário da Uema. A meta é que até 3 mil animais, entre cães e gatos, sejam esterilizados até julho de 2012. Para isso, está sendo desenvolvido um calendário de campanhas de castração itinerante para se estender por toda a cidade.

Nesta primeira etapa da campanha de castração, está sendo priorizado o atendimento a animais com dono para evitar possíveis abandonos de filhotes. Os animais saudáveis recolhidos na rua também serão esterilizados conforme a demanda e encaminhados à Amada para doação.

O Estado

6 comentários para "Animal deve ser criado com responsabilidade…"

  • Leila

    Muito interessante esta campanha do CCZ. Realmente, quem quer ter o seu animal precisa ter todo cuidado com ele. Não deve deixá-lo por aí. O animal fica jogado e sofrendo. Gostei e apoi essa iniciativa. Tenho o meu cãozinho “Luly” e cuido dele como se cuida de um filho.

  • Maria da Paz

    Zeca,

    Eu tenho um cachorro o bichinho tem pais de 15 anos e vive doente como é que eu faço para entregá-lo porque não tenho mais condição de criar, sou uma senhora doente e ele está sofrendo eu vivo sozinha e não tenho mais como cuidar dele. Me diga o que eu faço?

    RESPOSTA: VOU BUSCAR OS CONTATOS DONA MARIA DA PAZ E PASSO AQUI. SE TIVER ALGUM TELEFONE SEU PODE ENCAMINHAR PARA O MEU E-MAIL: zecasoares@mirante.com.br

  • Manoel Costa

    EU CUIDO DO MEU ANIMAL DIREITO, TEM GENTE QUE QUER TER UM GATO EM CASA E NÃO CUIDA E O ANIMAL VIVE NA CASA DOS OUTROS ASSIM NÃO É POSSÍVEL.

  • Diana Rosalina Serra de Almeida

    Até que enfim, parece que estão se conscientizando que este é o trabalho do CCZ. Ótima atitude, era tudo o que eu queria que acontecesse lá.
    Zeca, por favor ajude:
    Acabei de receber (às 15:30h) um telefonema de uma tenente do bombeiros sobre um cavalo que se encontra, vitima de atropelamento, na avenida do maiobão e não estão sabendo para onde levá-lo. Hoje sábado é dificil, além de que o CCZ não recebe animais de grande porte, a UEMA está fechada hoje. A prefeitura não possui órgão responsável. Orientei que procurasse o batalhão de policia montada da PM, pois, lá tem veterinário especifico pelo menos para o primeiro atendimento. Veja o que vc pode ajudar para tornar pública essa situação e encontrarmos uma ajuda para esse cavalo e evitar essas situações, que são rotineiras e não sabemos o que fazer sem o apoio dos órgãos publicos responsáveis pelos animais.
    http://dianaserra.com.br

  • Diana Serra

    D. Maria da Paz
    O seu cão se for raça pequena deve estar com 76 anos e se for raça média deve estar com 100 anos, portanto é o momento da senhora dar mais atenção a ele. Com a velhice vem as doenças, a fraqueza como nos humanos. A senhora não deve abandoná-lo agora que mais precisa de carinho, que ele lhe deu toda vida.
    Se a senhora abandonar o seu cão estará cometendo o crime de abandono de incapaz, mesmo ainda não estando definido na nossa lei, para animais. Se doá-lo para qualquer órgão podem sacrificá-lo, será outro crime. Portanto fique com o seu animal que deve estar com pouco tempo de vida.
    As pessoas devem ter consciência, ao adotarem um animal que terão responsabilidade sobre ele por 15 a 20 anos. A criança cresce, fica adulta e torna-se independente, o animal não, ele passa a metade da vida como criança e a outra metade já é idoso. Daí a responsabilidade do tutor em assumir o animal até o final.
    Caso a senhora insista em doá-lo, não o abandone, há uma casa do Estado, na Av. Casemiro júnior, nº 02, próximo ao Litero que foi tomada pela AMADA após a morte da D. Terezinha, que a senhora pode doá-lo para eles, mas a minha opinião é que a senhora fique com o seu cão.
    Estou a sua disposição para qualquer orientação.
    http://dianaserra.com.br
    dianalmeida@click21.com.br

  • pirata sublime

    eu concordo plenamente com a campanha realizada polo CCZ, devemos sim ter resposabilidade com os nossos animaisinhos
    querendo ou ñ eles se parece com uma criança,ele precisa de nos pra ter uma qualidade de vida melho.
    Parabéns pelo seu trabalho.