Maior nadador brasileiro é flagrado em antidoping

A menos de um mês do Mundial de Xangai, o maior nome da natação brasileira foi pego no antidoping. Cesar Cielo, campeão olímpico e mundial, teve resultado adverso para a substância proibida furosemida, geralmente encontrada em diuréticos, em um exame feito no Troféu Maria Lenk, em maio.

Além dele, outros três nadadores também foram flagrados: Nicholas Santos, Vinícius Waked e Henrique Barbosa, o único dos quatro que não faz parte do projeto P.R.O. 16, idealizado por Cielo.

Em painel realizado nesta sexta-feira, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) levou em conta o “histórico dos atletas” e decidiu puni-los apenas com a perda dos resultados do Maria Lenk e uma advertência, alegando que eles explicaram como o diurético entrou no organismo e concluindo que não houve aumento de desempenho.

Leia mais no Globoesporte.com

3 comentários para "Maior nadador brasileiro é flagrado em antidoping"

  • Fábio

    Tomara que tudo se esclareça porque César Cielo é um exemplo nesta nova geração de atletas no esporte brasileiro.

  • Fábio

    Vai entender uma coisa dessas

  • joão Laner

    doping é crime….o melhor competidor é aquele que vai na raça