Animais na pista… Até quando?

A morte prematura do deputado federal Luciano Moreira, ocorrida na noite desta quinta-feira (16), quando ele retornava de uma viagem ao município de Barreirinhas, onde participou do Encontro de Procuradores, trouxe à tona um problema enfrentado há anos por motoristas que trafegam pelas rodovias que cortam o Maranhão: os animais criados soltos às margens das rodovias.

Foi ao tentar desviar de um jumento que o motorista do deputado perdeu o controle do veículo. No acidente, Luciano Moreira foi arremessado para fora do carro e morreu na hora. A causa do acidente colocou em discussão o perigo desses animais criados soltos nas rodovias do Maranhão, em especial na região dos Lençóis Maranhenses. Ontem à noite o assunto foi comentado por centenas de pessoas nas redes sociais.

Algumas delas cobravam providências imediatas das autoridades. O juiz Sérgio Muniz fez um desabafo: “Ao tomar conhecimento do falecimento do Dep. Luciano Moreira vem à minha memória as incontáveis vezes em que eu, no exercício da minha amada profissão de advogado, estive à beira da morte ao me deparar com situações como a que vitimou o deputado, ou seja, com animais na pista, notadamente búfalos”, escreveu.

O juiz cobrou providências dos criadores e das autoridades, e foi além: “Ao Ministério Público, de cujo evento voltava o deputado, que mais esse exemplo sirva de lição e seja o mote para que vocês, integrantes do Parquet, tomem uma postura decisiva e eficaz para que isso não volte a ocorrer. O Maranhão está de luto.”, concluiu.

Outra magistrada que também utilizou o Facebook para protestar foi a juíza Luciany Ferreira, em seu post ela questionou:  “Até quando cidadãos (ricos ou pobres, simples ou importantes) terão que falecer ou sofrer tantas lesões corporais causadas pela falta de fiscalização e apreensão dos animais que vagam pelas rodovias federais e estaduais? Quantas vidas ainda tem que ser perdidas pra que alguém tome atitude?”.

Luciany Ferreira disse que por pouco também não foi vítima de um acidente provocado por animais e que, a comarca que trabalha, está cheia de processos motivados por acidentes dessa natureza. “Eu mesma, quantas vezes cheguei perto de me acidentar por causa de bodes, vacas, jegues… quantos colegas MMs já se lesionaram também. E por que não citar tantas pessoas do Médio Mearim que buscam a justiça por causa de colisões com animais? Tô cheia de processos assim”.

8 comentários para "Animais na pista… Até quando?"

  • Carlinhos

    MUITO OPORTUNA A DISCUSSÃO SOBRE O ASSUNTO.

    ACHO QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO PODE COMEÇAR O DEBATE POR LÁ MESMO.

  • Fernando

    Você levanta um assunto extremanente importante. As pessoas que viajam prá lá e prá cá sabem bem o risco que correm nas nossas estradas com esses animais soltos. Isso não acontece apenas na região onde o Dr. Luciano Moreira morreu, mas em grande parte do Maranhão. Está na hora das autoridades tomarem providência.

  • OBSERVADOR

    Realmente essa situação é muito difícil. Quem pega a estrada de Lago da Pedra confere mais de 100 jumentos.
    Retiram os bichos e depois, lá estão eles de novo.
    Se essas estradas tivessem acostamento decente, acho que era grande a possibilidade de evitar o pior.
    Mas no Maranhão, nossas estradas, quando existem, não possuem acostamento(nem p Ribamar).
    Isso é mais uma vergonha!
    Até quando?

    RESPOSTA: NÃO APENAS EM FUNÇÃO DO QUE OCORREU COM O DEPUTADO LUCIANO MOREIRA, MAS ESSA QUESTÃO É GRAVE DEMAIS. QUALQUER UM DE NÓS CORRE PERIGO.

  • pedro henrique

    “andar” de carro sem o cinto de seguranca e em alta velocidade – ate quando ?

    essa e a pergunta que eu faco

  • Rossini

    Quem é o responsável??, Será que é o governo estadual ou o federal? responda!.

    RESPOSTA: A RESPONSABILIDADE É DE TODOS, ESPERO QUE SE PREOCUPEM COM ISSO PARA QUE FATOS LAMENTÁVEIS NÃO VOLTEM A OCORRER.

  • Diana Serra

    Está na hora de aprovar o projeto ” Código de Proteção Animal do Maranhão”, que é um projeto de abrangência estadual para todos os animais: domésticos, domesticados, de tração, de corte, etc. Inclui a parte educativa até a coercitiva com multas até punições mais severas , para pessoas físicas e jurídicas. O que estão esperando senhores deputados e MP. O projeto está pronto nas minhas mãos apenas faltando adequações. Só que nenhum deputado se interessou até hoje. Não é preciso ser veterinário, político, médico sanitarista, advogado, etc basta ser cidadão para ter interesse em que as coisas mudem para melhor.
    Estou à disposição para discussões.
    http://blog.dianaserra.com.br

  • MATHEUS

    pq so ele morreu?
    -por que so ele estava sem o cinto de segurança???????????
    -porque fazem as leis, mais se acham donos da verdade e nao cumprem?

  • Raimundo Dominici

    è claro que animais soltos na estrada estão entre os muitos problemas que vitimizam as pessoas nas estradas, na minha família já teve um acidente com animais na estrada, não teve campanha no facebook nem juiz nenhum se revoltou com isso, nesse caso agora eu fico com os comentários do Matheus e do Pedro Henrique, o jumento foi um detalhe, um acidente. A falta do cinto, o desrespeito a leis básicas foi realmente o fator decisivo.