Independente “despacha” o Remo da Série D

O Independente impôs uma derrota duplamente amarga para o Remo, na noite deste domingo. O clube de Tucuruí bateu o Remo, por 2 a 0, no Navegantão, na cidade do Interior, e, além de tirar o Leão da disputa do título, também o eliminou da briga por vaga à Série D.

A eliminação pode deixar o tradicional clube paraense sem competições oficiais nos sete meses restantes de 2011. A esperança ficaria para a desistência de Cametá ou Independente, que disputarão a vaga paraese na quarta divisão. O outro finalista, o Paysandu, disputa a Série C

Os gols d da vitória do Independente foram marcados por Evandro Pará, aos 14 minutos, e por Marçal, aos 42 minutos, ambos no primeiro tempo.

Alem de vencer a partida, o Independente superou as vantagens do Remo. Na partida de ida o Leão havia vencido a partida por 1 a 0. Com isso, a equipe tinha a vantagem do empate e até de perder pelo mesmo placar, já que que foi o time de melhor campanha na primeira fase.

O adversário do Independente será o Cametá, que no sábado derrotou o São Raimundo por 2 a 0, no Parque do Bacurau, em Cametá. Os dois gols foram do Leandro Cearense, aos 24 do primeiro tempo e aos 28 do segundo tempo, em uma cobrança de pênalti.

Após a eliminação trágica, o técnico Givanildo Oliveira não se segurou e fez críticas aos cartolas do futebol paraense, em especial, os do Remo. Após anunciar seu desligamento à diretoria azulina,ele disse que só voltará a treinar um time do Pará se lhe for oferecido um planejamento desde o início da temporada.

“Desta maneira, eu não trabalho mais em Belém”, disparou o treinador em entrevista à Rádio Clube do Pará, reclamando ainda da preparação física que encontrou no elenco azulino, inclusive apontando várias ocorrências de cãimbra entre os atletas.

Agência Futebol Interior

Seja o primeiro à comentar em "Independente “despacha” o Remo da Série D"