Rychely, o sósia de Kléber Pereira

O Santos apresentou oficialmente na tarde desta quinta-feira o atacante Rychely. O atleta de 23 anos terá vínculo com o Peixe até 10 de dezembro deste ano. Indicação do técnico Muricy Ramalho, o jovem, porém, é apontado pelo clube como uma alternativa para o setor, que perderá Keirrison, Zé Eduardo e Maikon Leite no meio deste ano. Nos bastidores, o clube se articula para acertar com Ezequiel Miralles, atacante que defendeu o Colo Colo nesta edição da Libertadores, até esta sexta-feira.

– Ele já jogou a Libertadores, é um nome interessante e esta é uma negociação conduzida por intermediários. Se o negócio esquentar, vai um representante do Santos para o Chile – afirmou Nei Pandolfo, gerente de futebol do Peixe.

Apesar da cautela do dirigente, a imprensa chilena já alardeia que o jogador deve concretizar sua transferência para o Santos até esta sexta-feira. Ao site “Emoil.com”, Hernán Levy, presidente do Colo Colo, confirmou que alguns clubes já foram atrás do atacante e que a sua situação deve ser definida até o fim de semana.

Além do Santos, Grêmio e Botafogo também já demonstraram interesse no atleta argentino naturalizado chileno, de 27 anos. O time gaúcho inclusive já enviou um representante para Santiago, para tentar negociar com o jogador e também tentar levar o atacante Paredes para o Olímpico.

Rychely, o sósia de Kléber Pereira

Há pouco mais de uma semana no Santos, Rychely já ganhou um apelido dos novos companheiros. Devido a semelhança física com Kleber Pereira, ex-atacante do Peixe, o atleta é chamado de “Pereirinha” pelo elenco alvinegro.

– Falaram que eu sou parecido com ele (risos). Mas os jogadores me receberam bem e a imagem que fiquei é totalmente diferente do que achei que seria. Espero que possa ser mais parecido com o Kleber Pereira nos gols. São posições diferentes, ele joga mais centralizado e eu pelas pontas, mas, quem sabe, eu posso ter o lado goleador que ele tem – afirmou Rychely.

Com passagens pelo futebol japonês e até pela Hungria, Rychely foi rebaixado com o Santo André no último Campeonato Paulista. O Santos tem opção de compra-lo até dia 31 de dezembro deste ano, com preço fixado de 60% dos direitos federativos do atleta, firmando um contrato de três anos. O jogador está inscrito para a disputa da Libertadores na vaga do meia Diogo, que está lesionado.

– É uma sensação maravilhosa. Fui rebaixado com o Santo André e surgiu a oportunidade. Foi uma coisa que não esperava. Eu e minha família ficamos muito felizes. É uma chance que não posso deixar passar – afirmou o atacante, que pode estrear neste sábado, contra o Internacional, pela primeira rodada do Brasileiro.

Globoesporte.com

Uma resposta para "Rychely, o sósia de Kléber Pereira"

  • José Carlos lobao Oliveira MAQUEANO

    Bom jogador o Richely.
    Em relação à matéria GOLEIRO DO MOTO É PROMESSA NO FUTEBOL, Vocês motenses têm que ter cuidado, pois não será novidade se ele aparecer em algum time por aí e o PIOR DE GRAÇA.. AÍ vão alegar que o moto tava devendo 3 meses de salários e tal. Nessa hoaras ALGUÉM GANHA.