A culpa é da imprensa também…

Não entendi o que quis dizer Pereirinha, presidente do Iape ao anunciar a retirada do clube das competições de futebol e se dirigir a parte da imprensa que, segundo ele não quer ver organização e planejamento no futebol do Maranhão.

Fiquei perplexo com a declaração do dirigente que é também presidente da Câmara de Vereadores de São Luís.

Se existe um setor que o Pereirinha não pode reclamar é da imprensa e muito menos criticá-la. Pereirinha sempre recebeu tratamento “privilegiado” de alguns segmentos da imprensa que chegam a endeusá-lo.

Mesmo de cabeça quente e cansado de perder para o Sampaio de Sérgio Frota, o dirigente do Iape deveria sim, era agradecer o tratamento da Imprensa para com o Iape e com ele mesmo.

A imprensa sempre reconheceu o trabalho dos profissionais que fazem o Iape. O que ela não pode é dar ao Iape a dimensão que o clube ainda não tem. O Iape é um clube novo, sem torcida, porém com resultados expressivos em pouco tempo. A continuar assim, não tenho dúvida que o Iape teria tudo para crescer.

O fato é que, Pereirinha foi muito infeliz e injusto mesmo com o tal segmento de imprensa que não quer organização e planejamento no futebol, como ele vê. Posso garantir a vocês que não conheço ninguém na imprensa esportiva que não quer ver o futebol vivendo dias melhores.

Que as palavras ditas ontem, pelo Pereirinha sirvam sim de reflexão aos nossos colegas.

18 comentários para "A culpa é da imprensa também…"

  • APOLINARIO ALVES FILHO

    São Luís – MA está muito mal com uma Presidência da Câmara de Vereadores desse nível. Ele precisa respeitar as pessoas, na realidade parte da população de São Luís é responsavel por isso, porque votam em uma pessoa que se acha acima dos outros. O que é um vereador? Zeca gosto do seu equilibrio e da forma como aborda a situação. Uma coisa que acho um absurdo: Aqui no Pará o Paysandu e o Remo não são tratados igual por exemplo ao Águia de Marabá, mais aí no Maranhão o Sampaio, o Moto são tratado igual ao IAPE recebem o mesmo valor do Governo do Estado. Isto é que o Pereirinha deveria se preocupar como Presidente da Câmara. O IAPE não tem torcida e nem história como deve receber o mesmo valor dos clubes grandes? Aqui enquanto o São Raimundo que já foi campeão brasileiro recebe 96.000,00 o Pysandu e o Remo recebem 600.000,00
    a imprensa deveria falar disso.

  • JOÃO PEDRO

    ZECA SOARES POQUE VOCÊ NÃO COLOCOU NO SEU BLOG A GRANDE DERROTA DO SEU MOTO ” TÁ NA TACA” PARA O PINHEIRO DA BAIXADA MARANHENSE, QUE RIDICULO!, SE FOSSE O QUERIDÃO O TUBARÃO O BOLIVÃO O MAIOR DO MARANHÃO TU PUBLICAVA, NÉ DENDENCIOUSO.

    RESPOSTA: ESSES JOGOS EM INTERIOR NÃO EXISTEM, DESCULPA MAS ISSO NÃO É NOTÍCIA. VOCÊ DEVERIA DESTACAR, COMO TORCEDOR BOLIVIANO QUE EU DISSE QUE O SAMPAIO SEGUE RUMO AO BI, MAS ESTRANHA O FATO DE VOCÊ PREOCUPAR COM UM AMISTOSO QUALQUER DO MOTO…. MEU DEUS ONDE ESTAMOS????

  • Nisson Lopes

    Só Agora Pereirinha sentiu na Pele o que os Times do Interior reclamam, o favorecimento aos times Chamados de “Grandes” Sampaio e Moto, principalmente em São Luis, quando o Cordino foi prejudicado pela arbitragem contra o Moto, o caduco do Fontinelle disse que era só chororó de time de Interior, mas ta aí mais uma provado que a arbritragem vive a mesma situação da FMF, uma vergonha. E o Frota ainda fica se desfazendo do IAPE, dizendo que o seria vice mesmo. Deveria era se envergonhar pois eles mesmo afundam o nosso futebol. Não sejam complacentes com isso pois com a Saída do IAPE que é um time Organizado vai deixar o Campeonato ainda mais a deriva, deixando a mais marca vergonhosa no Futebol maranhense. Mas lembrando que todos tem Culpa, Imprensa, FMF, a Arbitragem e Clubes. Isso tem que mudar, O clubes que tem lisura tem que fazer o campeonato paralelo e deixar essa FMF e esses árbitros corruptos de lado. O torcedor não merece tanto descaso.

  • Nisson Lopes

    Ah… lembra que o JV Lideral era a outra Equipe um pouco mais oragnizada do nosso futebol, também desistiu o ano passado pela Falta de lisura no nosso Futebol. Por isso insisto em dizer Unam-se iape, JV Lideral e demais clubes prejudicados, façam uma liga independente e renovem o Campeonato Maranhense.

    RESPOSTA: O PROBLEMA É QUE OS DIRIGENTES NÃO TEM CORAGEM PARA ISSO. O JV LOGO VAI DISPUTAR AS COMPETIÇÕES DA FEDERAÇÃO.

  • beto

    PERERINHA POIS FAÇA-ME O FAVOR DE JUNTAR AS MALAS E VAZAR DO CAMPEONATO, E PODE TER CERTEZA Q NINGUEM VAI SENTIR FALTA DO TEU TIME Q SO SABE GANHAR COM AJUDA DA ARBITRAGE, E TU SE ESQUECEU Q QUANDO TU VEIO AQUI EM IMPERATRIZ E TROUXE DE CARONA O JUIZ DE AVIÃO AINDA MAIS, E Q NA HORA DO JOGO QUANDO HOUVE O PENALTI CLARISSIMO PRO CAVALO Q O JUIZ IA MARCANDO LEMBROU Q VIAJAR DE ONIBUS É MUITO RUIM E Ñ MARCOU O PENALTI E NO LANCE Q ACONTECEU O GOL DO TEU TIME O JUIZ INVENTOU UMA FALTA PRO TEU TIME? AHHHH DA LICENÇA PEGA ESSE TEU TIME E VÁ PQP! AGORA SE TU PERDEU PRO FROTA ATE FORA DE CAMPO CREIO EU Q TU COLOCOU POUCO DINHEIRO PRO JUIZ, O DINDIN DO FROTA FOI MAIOR! KKKKK, PROBLEMA TEU, TU DEVE TA MAGOADO PQ O JUIZ Ñ ACEITOU A TUA PROPROSTA, ENTÃO TIRA MESMO O TEU TIME!

    CAVALO DE AÇO SEMPRE!

  • José Carlos Lobato Oliveira MAQUEANO

    Só queria que ele tivesse prova contra o presidente do sampaio, que ele fizesse o mesmo que o Eduardo Cristaldo Barilare fez há 3…4 anos. São José sempre abrindo, resultados estranhos e tal. Mas que esse Pereirinha é chorão isso ele é, pensa que o iape já é grande. Mas, acho que mesmo se ele tivesse provas concretas contra o Sérgio, tenho certeza absoluta que não teria coragem de denunciá-lo, caramba a denuncia que ele fez foi MUITO GRAVE.

  • José Carlos Lobato Oliveira MAQUEANO

    O grande PROBLEMA/NEGÓCIO é que o o presidente do JV, nem se preocupa em ser campeão, ele quer mesmo É SOMENTE $$$$$$$$$$$$, VENDER JOGADORES, tanto é que ele fez muita zuada contra a federação, que não ia disputar nenhuma competição organizada pela mesma, mas parace que ele quer disputar a 2ª divisão que é organizada por quem? pela nobre federação capitaniada pelo alberto ferreira. Resumindo FALAM FALAM, e agir NADA INFELIZMENTE.

  • José Carlos Lobato Oliveira MAQUEANO

    SEU PEREIRINHA
    Nunca votei no senhor e NÃO PRETENDO VOTAR, mas como o senhor AFIRMOU que o arbitro recebeu “UM ESTRA”… SE O SENHOR TIVER PROVAS E FAZER A DENÚNCIA, posso até votar no senhor um dia rsrs. Poderá ficar conhecido como o HOMEM QUE SALVOU O FUTEBOL MARANHENSE.. Mas, sei que o senhor NÃO terá CORAGEM. E ainda vai pedir desculpas para o seu AMIGUINHO Sérgio..

  • francivaldo nascimento

    zeca o time do IAP tem praso de validade, não é a primeiraves
    que o seu dono ameaça retira sua equipe do campeonato.
    Eu não vou semtir falta se cabar o time do IAP, mesmo porque
    foi criado por causa de uma BIRRA, agora vai acabar por BIRRA tambem.

  • Vitorioso

    Sejamos inteligente ;
    Ele ja foi premeditado , se perdesse o jogo tirava o time do Campeonato , o fiel escoderiu que fabricava a tabela pra o IAPE (Geografia) não esta mais na FMF , ele tentou mudar a tabela e não conseguiu ,agora perdeu o jogo e viu suas chances diminuirem, então esta usando esta desculpa de arbitragem ……Politico é assim, cheio de armação .

    Não vejo como atitude despreparado e desequilibrado e sim de esperteza , ele quer jogar a toalha e inventou uma forma (arbitragem) , se fosse verdade a atitude mais coerente seria ele denunciar e esclarecer os fatos , pra passar tudo a limpo .

  • Paulo Dasmaceno SJR

    A cada derrota para o Sampaio ele ameaça tirar o time, isso é só choro de perdedor.
    Duvido, se o Cléo não acertasse aquela falta, ele tava reclamndo de alguma coisa.

    Imagina se o Presidente vai dá 15 mil pra ganhar do IAPE, se ele apanha todo os dia do Sampaio.
    Teria sentido se fosse pra ganhar de um Barcelona, Real Madrid, mas, so IAPE, 15 mil hahahahahahahahahahahahahahaah!!!

    15 mil o Sampaio pagava um jogador de qualidade. e subia pra serie C.

  • audileia

    Até eu,Zeca Soares,que não sou jornalista,gostaria de saber porquê a imprensa tem culpa.
    Agora só falta culpar a imprensa pela culpa na morte do Garrincha,do Airton Sena,do Bin Laden…rs

    RESPOSTA: TAMBÉM NÃO SEI.

  • Val Wilson

    PEREIRINHA ESTÁ é com vergonha porque suas contas foram reprovadas no TCE, e ele não pode mais ser candidato a pòrra nenhuma, hoje ele é FICHA SUJA, candidatura já era. Já imaginaram o IAPE sem a Camara de Vereadores ? Ele está com inveja de Sérgio Frota que pode ser candidato a vereador e comer seu figado. A TORCIDA VOTA EM PESO EM SERGIO FROTA, A VOZ É GERAL NAS RUAS, PRINCIPALMENTE EM MEIOS DA TORCIDA BOLIVIANA. ADEUS PEREIRINHA, NO FUTEBOL E, BREVEMENTE NA POLITICA.

  • Henrique boliviano

    O sampaio comprou a bola tbm pq entrou no gol KKKKKKKKKKKKK

    IAPEEEEE, NUNCA VAI SER UM TIME GRANDE!!!!!!!!!!!!!!! CHUPAAAAAAAAAAAAA

  • maura souza

    Quem culpa a imprensa não sabe o que está falando… A imprensa não faz gol e precisa de um futebol mais organizado e ouço a briga dela, a imprensa, pela melhoria e organização do futebol maranhense. O Pereirinha está é arrumando desculpa, mesmo podendo ter razão, pois a arbitragem do nosso estado é despreparada e tendenciosa. Agora, essa do Sérgio Frota, segundo dizem, ser vereador, ou, pelo menos, candidato, é brincadeira. Se isso acontecer vai ser mais uma merda que temos que engulir.

  • Torcida BOLIVIANA!

    Há um tempo tenho sentido vontade de abrir este tópico aqui para que possamos discutir o jornalismo esportivo maranhense. A ideia me parece certa porque aqui podemos discutir com mais clareza qual o rumo que este setor vem tomando.

    Que a discussão nao caia na mesmisse de falar sobre qual time o tal jornalista torce. Há que se falar disso apenas quando tal fato influir na tomada de posição.

    Um jornalista da Mirante em um post do seu blog comentou que não seria viável fazer a rodada dupla no Nhozinho, no dia 01/05 pelo motivo de que neste dia haveriam vários clássicos ao redor do Brasil, o que colocaria a coisa em prejuízo. Inclusive fez uma espécie de “protesto” e disse que não iria ao estádio. Queimou a língua depois, ao noticiar que o público total foi de quase 9mil pessoas acompanhando as partidas.

    Além disso, outros jornalistas independentes ou não também não se deram “ao trabalho” de ir ao Nhozinho Santos acompanhar as partidas.

    Não que fossem obrigados, mas é que se você se propõe numa profissão que prescinde uma forma de atuar para o coletivo e não para o pessoal, é, no mínimo, irresponsabilidade não participar do processo de formação do ESPORTE maranhense.

    Alguns programas locais preferem fazer sua pauta baseada em gols de campeonatos fora do estado ou europeus.

    Não me restrinjo aqui só ao futebol. É certo que há um apoio significativo às outras modalidades, mas ainda assim se limita apenas a dar a notícia quando um maranhense se destaca fora das nossas terras, sem problematizar o porque do esporte no Maranhão ainda ser tão amador. ”

    A gente sempre fala aqui q o qm escolhe o time de qm torce pra times de fora é a mídia..

    Então pq não fazer essa mídia trabalhar em nosso favor?

    Ligar nos programas, nas rádios, nas produtoras, nos jornais e pedir mais empenho da mídia daqui em relação ao nosso esporte…

    Olha, eu bem sei que o problema é muito complexo de ser trabalho, mas dá pra trabalhar em cima disso…

    O problema é que o jornalismo daqui muitas vezes é antijornalístico e se limita a dar a notícia sem um viés crítico e problematizante da coisa…

    Muitos jornalistas reclamam que os clubes não tem novidades, mas não se perguntam: POR QUE NÃO EXISTEM NOVIDADES?
    Muitos jornalistas falam que o futebol/esporte daqui não existe ou é amador, mas nunca perguntam: POR QUE NÃO É PROFISSIONALIZADO? ou O QUE FALTA PARA SER PROFISSIONALIZADO…

    Jornalismo não é só vomitar informação, é analisar a notícia dos vários pontos de vista que ela proporciona. Coisa que parece não ensinarem nas faculdades aqui

    O primeiro programa aqui da Mirante AM, de manhã logo cedo, não lembro o nome – acho que é Bate Bola. O locutor (que me parecer ser o Gilson Rodrigues) se limita a ler o blog do Zeca Soares e a chamar algumas reportagens gravadas por seus repórteres. Mas isso se dá nas segundas feiras, justamente depois da rodada do fim de semana. Nos outros dias é aquela coisa morosa, chata de ouvir… Por que não pegam um assunto e começam a discutir, chamar o ouvinte a participar, nem que seja só pra dar a opinião de que “essas merdas aqui não prestam mesmo” e a partir desse comentário começarem a discutir “por que o cidadão pensa assim?”…

    Sinceramente, ou é preguiça ou é falta de formação profissional..
    JORNALISTA DO MARANHÃO, ATUALIZEM-SE !!!!!

    Chega de submissão

    ————————————————————————————————————————————————————————
    Li o seu e-mail, e tenho que concordar com você. Mas antes disso é preciso saber que a culpa não é só do jornalismo maranhense, mas sim das empresas pelas qual eles trabalham.
    As vezes, as ideias de alguns jornalistas são proíbidas de serem colocadas em prática, porque simplesmente não é de interesse dos “empresários de comunicação”. E quando não são as empresas, são os próprios donos de programa esportivo, que arrendam o espaço na grade da emissora e fazem simplesmete o que querem, não aceitam as ideias de novos profissonais que estão chegando como é o meu caso. Você deve me conhecer, eu sou o xxxxxxxx, ex-comentarista do programa xxxxxxx, isso mesmo eu disse ex. Saí do programa justamente porque não concordava com a falta de interesse do apresentador xxxxx, no futebol maranhense. Comecei no programa com 5 min diários, depois passou pra 3 min, e quando tinha oportunidade de falar, porque as vezes nem participar eu podia. Foi a gota d’agua, e pedi pra sair.

    Concordo em genero, numero e grau, com todas essas críticas.

    Hoje estou tentando uma vaga numa rádio AM em São Luís, que vai tratar de assuntos polêmicos e que geram um bom debate. Quando conseguir, gostaria da sua participação no programa de estréia, onde provavelmente vamos debater sobre “qual a função da imprensa esportiva no ressurgimento do futebol maranhense?”
    ——————————————————————————————————————————————————————————————————-

    RESPOSTA: PRIMEIRO LAMENTO O FATO DE VC SEQUER TER CORAGEM DE SE IDENTIFICAR, MAS ESTE É UM ESPAÇO DEMOCRÁTICO E POR ISSO ESTOU PUBLICANDO O SEU COMENTÁRIO. SÓ QUERIA DIZER QUE, NA VERDADE OS 9 MIL QUE ESCREVI SÃO DE INGRESSOS RECEBIDOS NA BILHETERIA, MAS NÃO HAVIA MAIS DE TRÊS MIL NO ESTÁDIO. NÃO VAMOS NOS ENGANAR. VEJA QUE, SAMPAIO X IAPE, JOGO DOS LÍDERES TINHA POUCO MAIS DE MIL TORCEDORES. APENAS ISSO.

  • Torcida BOLIVIANA!

    Jornalismo esportivo é o futuro. estudos já verificam que o brasileiro nunca se interessou tanto por jornalismo esportivo como atualmente, basta ver jornais como o diario O LANCE, canais como ESPN, BANDSPORTS, como crescem, e verificar cer ta idolatria por jornalistas esportivos como PVC, JUCA KFOURI dentre outros, na verdade depende de vocês jornalistas, blogueiros, mudar esse quadro preconceituoso que tem a imprensa brasileira em relação a área esportiva, assim como uma participação mais ativa de nós torcedores, que sempre estamos acompanhando também o dia a dia de nossos clubes. A título de referência, A ESPN é a melhor mesmo em jornalismo esportivo. Jornalistas imparciais, que comentam coisas que realmente interessam no futebol, não fazem do jornalismo esportivo um circo, como muitas mesas na tevê aberta fazem. Penso que no maranhão tem espaço para ser trabalhado mais o esporte em geral, até mesmo nos clubes, os bastidores, esporte amador, etc. Agora temos novamente competições de: Futebol, Beach Soccer, Futsal, etc, e com ceteza espero que apareça algum clube engajado em mais esportes no Ma, como campeonatos de voley ball, basquete, que tenham a repr esentação dos clubes do Ma. O ideal seria um evento, para ser discutido essas e outras ideías, envolvendo todos os clubes do Ma, torcida, imprensa e sociedade em geral.

  • clodomir junior

    Olá Zeca!

    Gostaria de ler a sua opinião em relação ao sucesso dejogadores maranhenses em outros clubes brasileiros. Pode não ser regra geral, mas ultimamente percebo que atletas que buscam seu espaço sem a participação direta de nossos clubes estão obtendo mais sucesso. O IAPE por exemplo que vem desenvolvendo um trabalho de base encaminhou em 2010 e 2011 ao cruzeiro de MG quatro atletas: Jouberth (meia) Jhonatan (atacante) Pedro JR (ala esquerda) Vanvan (atacante) e Célio Codó (atacante).

    O que acontece com tanto atleta de qualidade? e perceba que dentre os cinco três são do municipio de codó. Falta empresários para os mesmos? Ou falta mais participação dos clubes responveis pelos atletas.

    Abraço,

    Clodomir Júnior