Sedel abre licitação para recuperar praças esportivas

A Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel) divulgou, nesta sexta-feira (6), os avisos de licitação convocando as empresas interessadas em participar da tomada de preços para a reconstrução e reforma de quatro praças esportivas em São Luís.

Ao todo, serão gastos R$ 10 milhões 870 mil. Desse montante, R$ 9 milhões 750 mil são oriundos de emendas de bancada de 2010. O Estado entrará com a contra-partida de R$ 1 milhão 120 mil.

As obras licitadas são: o Ginásio Costa Rodrigues, o Ginásio Rubem Goulart, o Parque Aquático e a Pista de Atletismo do Complexo Esportivo do Outeiro da Cruz (Ceocruz). Além disso, a Comissão Setorial de Licitação da Sedel deverá publicar nos próximos dias o convite para a licitação de quatro Praças da Juventude: uma no Barreto, uma em Paço do Lumiar e duas em São José de Ribamar.

– Nós temos os recursos e estamos trabalhando para começar a cumprir as metas estabelecidas no início do ano. Dentre essas metas está a recuperação e reconstrução dessas praças esportivas, além da construção das Praças da Juventude – explicou o secretário Joaquim Haickel.

Datas

A licitação da obra de reconstrução do Ginásio Costa Rodrigues ocorrerá às 14h, do dia 9 de julho, na sala da Comissão Setorial de Licitação da secretaria de Esporte e Lazer, no Outeiro da Cruz.

A Comissão Setorial de Licitação também está realizando a tomada de preços para a execução das obras do Parque Aquático, do Complexo Esportivo, marcada para às 14h, do dia 26 de mail, também na Sedel.

A Sedel também publicou o aviso de convocação para licitação das obras no Ginásio Rubem Goulart que ocorrerá no dia 24 de maio, às 14h, na sala da Comissão Setorial de Licitação.

O processo de licitação da pista de atletismo será no 27 de maio, às 14h.

Foto: Biaman Prado

Uma resposta para "Sedel abre licitação para recuperar praças esportivas"

  • Danilo Pereira

    O espaço existente no CSU da Cohab é compatível com o necessário para abrigar um projeto de lazer como o “Praças da Juventude”, infelizmente este espaço não fica em local visível e de bom retorno político.
    Deixo a sugestão:
    Criem um cargo de Gestor da Praça da Juventude para que ele administre o espaço. Se não houver administração efetiva deste espaço os equipamentos, a serem instalados, não durarão 1 (um) ano.

    Se o salário for bom, sou candidato.