Jogadores comemoram morte de Bin Laden

O meia Landon Donovan, principal jogador de futebol dos Estados Unidos na atualidade, comemorou a morte do terrorista Osama Bin Laden – morto pelo exército norte-americano neste domingo na cidade de Islamabad, no Paquistão.

CONEXÃO GONTIJO: a relação de Bin Laden com o Arsenal

Através de sua página no Twitter, o camisa 10 do Los Angelexes Galaxy, clube do inglês David Beckham, ficou emocionado pela comparação da morte de Bin Laden a seu gol marcado contra a Argélia, na última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo da África do Sul, disputada em 2010. O gol, marcado aos 45 minutos do segundo tempo, classificou os americanos às oitavas de final do Mundial como a melhor equipe do Grupo C, à frente, inclusive, da Inglaterra.

– Verdadeiramente tocado com as comparações deste momento com o gol contra a Argélia mas o  triunfo de hoje está no infinito – afirmou no microblog.

O meia Giuseppe Rossi, do Villarreal, que joga pela seleção italiana mas nasceu nos Estados Unidos, se mostrou aliviado, apesar da “demora”.

– Tivemos que esperar tudo isso para matar Bin Laden? – questionou no Twitter.

Bin Laden foi considerado o autor dos atentados terroristas que culminaram com a queda das Torres Gêmeas, em Nova York, nos Estados Unidos, no dia 11 de setembro de 2001. O presidente norte-americano Barack Obama confirmou a morte em pronunciamento nesta segunda-feira.

Leia mais no Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Jogadores comemoram morte de Bin Laden"