Greve de árbitros adia inicio de Estadual no Acre

Tudo estava programado para mais um estadual ter início. O Campeonato Acreano teria três jogos neste sábado, mas um impasse entre a Federação de Futebol do Acre e os árbitros impediu que os jogos acontecessem. Havia uma reunião marcada entre as partes na noite de sexta-feira na sede da Federação, mas apenas alguns representantes de clubes apareceram, tornando o acordo inviável. Com isso, as partidas estão adiadas e novas datas serão marcadas, segundo informa o jornal “A Gazeta do Acre”.

A reivindicação dos árbitros, que receberam R$ 600 por partida no estadual 2010 era aumentar o cachê para R$ 800. A Federação ofereceu R$ 660 e não houve acordo. Representantes da Associação dos Árbitros vão tentar novamente aumentar o valor para R$ 700 ou mais na próxima terça-feira.

O início do campeonato ficou para domingo, às 19h (de Brasília), quando Náuas e Rio Branco se enfrentam na Arena do Juruá, em Cruzeiro do Sul. A partida foi mantida porque vários ingressos já haviam sido vendidos de forma antecipada. Marcos Café vai apitar com o auxílio de assistentes locais.

Enquanto o acordo não sai, a Federação sugeriu que fossem escalados árbitros amadores, mas a solução foi logo rejeitada. Outra possibilidade para evitar novos adiamentos será a utilização de árbitros de Rondônia, mas isso precisa ainda ser oficializado pela diretoria da entidade.

Saiba mais

Globoesporte.com

Uma resposta para "Greve de árbitros adia inicio de Estadual no Acre"

  • Tonny Jatobá

    Eu não conheço o futebol acreano, más pela importância que ele tem no cenário nacional eu acho um absurdo um arbitro ganhar

    R$ 800 em 90 minutos. vai ver que em um mês os árbitros ganham mais que muito jogares.