Faltou acreditar no gol, revela Rodrigo Ramos

O Sampaio entrou em campo sem nunca ter vencido o Sport. Saiu, mais uma vez, sem saber qual o gosto da vitória sobre os pernambucanos. A equipe maranhense está bem viva na Copa do Brasil e vai jogar na Ilha do Retiro por um empate com gols ou o inédito triunfo sobre o Sport.
 
No entanto, a situação tricolor poderia ser bem cômoda se o setor ofensivo colocasse o “pé na forma”. Reconhecendo a ineficiência do ataque, o goleiro Rodrigo Ramos destacou, ainda, que faltou acreditar.
 
– A equipe jogou bem. Criou muitas oportunidades de gol e realmente é um aspecto que a gente vem pecando e não é de hoje: são as finalizações. Se bem que tivemos algumas boas finalizações, dois bons chutes de fora da área que o Magrão deu rebote e, por pouco, a gente não chega. Acho que faltou acreditar mais que poderíamos fazer o gol. A equipe foi guerreira – disse Rodrigo Ramos.
 
Apoio
 
O “Paredão Tricolor” também elogiou a presença da torcida nos jogos dos representantes maranhenses na Copa do Brasil. A torcida que foi ao Estádio Nhozinho Santos nesta quinta-feira (24), incentivou até debaixo d’água. Para Rodrigo Ramos, este pode ser o passo inicial para o ressurgimento do futebol maranhense.
 
– Quero aproveitar a oportunidade pra parabenizar o torcedor maranhense. A gente pede tanto que o futebol maranhense suba de degrau e a torcida mostrou isso. Hoje, debaixo de chuva, o torcedor veio e apoiou e o estádio ficou lotado. Que esses dois jogos marquem uma arrancada pro futebol maranhense pra um degrau acima do que nos estamos – finalizou.

Reportagem e foto: Paulo de Tarso Jr.

Uma resposta para "Faltou acreditar no gol, revela Rodrigo Ramos"

  • Roberto Sousa

    O melhor atacante do plantel do SAMPAIO,Jr Chicão, continua relegado ao banco e a entrar de vez em quando.
    O que lhe falta em técnica supera em raça e vontade.
    O posicionamento assim como acontecia com o Célio Codó é que me parece errado saindo muito da área.
    No jogo de ontem tudo bem pois a referência era o Jack Jones,porém gostaria de vê-lo atuando como fazia no Bacabal.