Um dia de tristeza e esperança no esporte

As lágrimas de hoje, da ex-jogadora e treinadora de voleibol Telma não foram lágrimas de alegrias por nenhuma das suas grandes conquistas ao longo da sua trajetória no esporte, nos duelos travados no charmoso Ginásio Costa Rodrigues.
 
Foram sim, lágrimas de decepção e indignação pelo crime praticado contra o maior símbolo do esporte amador do Maranhão e que emocionaram o secretário Joaquim Haickel que também chorou.

Quem não sabe o que aconteceu ali, pode até chegar a pensar que jogaram uma bomba com a intenção de destruir a memória do esporte amador no Maranhão, mas na memória de Telma, estavam guardadas todas as emoções vividas por ela e várias gerações na nossa cidade.

No dia em que o Costa Rodrigues completa 45 anos, Telma e outros amantes do esporte maranhense foram abraçar o ginásio, numa manhã esportiva, sob os escombros que restaram lá e que teve jogo de voleibol, futebol de travinha e damas. A data, além de chamar atenção para a importância dessa praça esportiva, marcará também, o início de uma era de reconstrução do esporte amador no Maranhão.

Quem também ficou estarecido com a situação do Ginásio Costa Rodrigues foi o ex-atleta e hoje, presidente da Federação Maranhense de Voleibol, Edivaldo Pereira “Biguá”. Ele se emocionou ao falar comigo. Biguá pediu a Deus que lhe dê vida para que possa ver o Ginásio Costa Rodrigues totalmente recosntruído.

– Eu fiquei chocado. Eu nunca tinha vindo aqui. Desde que demoliram eu nunca tinha nem parado na porta. Olha eu me arrepio falando com você. Eu morei aqui. Eu quando cheguei em São Luís eu não tinha onde morar e me cederam um dos apartamentos que ficavam debaixo das arquibancadas, então isso daqui é minha vida, minha história. Eu estou emocionado. Eu falo com você aqui e estou abobalhado. Eu jamais podia supor que aqui dentro estivesse dessa maneira. Eu não sei nem o que te dizer Zeca. É um dos poucos momentos, de uma emoção de tristeza de ver uma praça tão importante do nosso esporte estar nesta situação. Eu espero que Deus me dê vida suficente para eu ver isso aqui de novo erguido e em funcionamento – desabafou.

Mas em meio ao clima de tristeza e muita decepção, a boa notícia foi confirmada pelo secretário de Esporte e Lazer, deputado Joaquim Haickel que anunciou a reconstrução do ginásio Costa Rodrigues por determinação da governadora Roseana Sarney.

– Ela irá reconstruir o mais breve possível o Ginásio Costa Rodrigues. Ela enfatizou a palavra reconstruir porque ela passou aqui e viu essa destruição que fizeram no templo do esporte amador do Maranhão. Nós já orientamos a nossa assessoria jurídica para tomar as providência de desbloquear qualquer ação que a gente tenha que fazer aqui. A notícia boa é que nós temos recursos de emendas parlamentares no valor de quase R$ 4 milhões de reais para começar a obra. Talvez esse dinheiro, esse valor não dê para fazer a obra toda, mas tenho certeza que o governo do Estado irá completar este recurso – afirmou.

Joaquim Haickel disse que as providências quanto ao crime praticado contra o ginásio Costa Rodrigues deverá ficar sob a responsabilidade da Justiça, da Procuradoria Geral do Estado e da Polícia.

– O que foi feito com o dinheiro investido aqui, contratado aqui, isso quem vai dizer é a Polícia, a Procuradoria Geral do Estado, os órgãos da Justiça a quem compete essas providências. A nossa parte é fazer funcionar e nós vamos fazer funcionar, nós vamos reconstruir por orientação da governadora Roseana Sarney o Ginásio Costa Rodrigues – explicou.

Os recursos para a reconstrução do Ginásio Costa Rodrigues, segundo o secretário Joaquim Haickel já estão garantidos.

– Nós iremos reconstruir o Ginásio Costa Rodrigues com recursos já alocados no orçamento da União através de emendas parlamentares e com recursos do governo do Estado. A governadora ontem, mandou essa mensagem aos desportistas: “vamos reconstruir o Costa Rodrigues”. Diga a todas as Federações e a todos os praticantes do esporte amador que o Costa Rodrigues será reconstruído e isso, se Deus quiser deverá acontecer até o fim do ano – disse.

Joaquim Haickel disse que espera reinaugurar o Ginásio Costa Rodrigues no mês de setembro, quando a Capital maranhense completrá 399 anos.

– Eu estimei o prazo de 31 de janeiro para funcionar internamente na secretaria de Esporte e Lazer. Até 31 de janeiro ninguém me peça asolutamente nada. Nós vamos fazer o planejamento dos JEMs, o planejamento das obras, as providências das licitações, todas as providências necessárias para que a gente começe a funcionar em 1º de fevereiro. A partir de 1º de fevereiro, a assessoria jurídica da secretaria de Esporte e Lazer em conjunto com a Procuradoria Geral do Estado irão desonerar o Costa Rodrigues. Eu tenho certeza que, no prazo das licitações que é normalmente de 90 dias estaremos com a licitação pronta para começar as obras. Eu imagino que em setembro já para fazer uma prévia dos 400 anos vamos comemorar os 399, espero que em setembro a gente esteja inaugurando o Ginásio Costa Rodrigues – garantiu.

E antes do encerramento da manhã esportiva em comemoração aos 45 anos do Ginásio Costa Rodrigues ainda teve o tradicional parabéns prá você com direito a bolo e mais emoção.

Ao lado de Ronald Almeida, Alim Neto, Clineu Coelho (foto: Jorge Aragão) e integrantes da equipe de trabalho da secretaria de Estado de Esporte e Juventude, o deputado Joaquim Haickel comemorou a data.

Além de atletas e presidentes de várias federações amadoras, dentre eles Eurico Pacífico que é presidente da Federação de Beach-Soccer e da Afama, também passaram por lá vários integrantes da crônica esportiva.

Mais uma vez, a exemplo do ato de posse que aconteceu no Estádio Castelão, a comunidade esportiva compareceu em peso e renovou o apoio e a confiança que vem dando neste início de gestão ao novo secretário de Esporte e Lazer,  deputado Joaquim Haickel.

O secretário Joaquim Haickel também falou sobre o Estádio Castelão e disse que na próxima semana terá uma audiência com o secretário de Infraestrutura, Max Barros.

– A obra do Castelão pertence à secretaria de infraestrutura. A última notícia que eu tenho e na semana que vem eu vou marcar uma audiência com o secretário Max Barros é que ele cancelou o contrato com a empresa responsável. Eu fui procurado pela empresa me apresentaram fotografias das intervenções que foram feitas lá e eu expliquei que não tenho nenhuma competência neste caso porque não é da nossa secretaria, mas me prontifiquei a tentar resolver estre imbróglio. Eu acho mais fácil desonerar também o Castelão e cobrar na Justiça de quem é devido – finalizou.

Ouça a entrevista de Joaquim Haickel ao repórter Jorge Aragão

9 comentários para "Um dia de tristeza e esperança no esporte"

  • Robson

    Zeca, é pela primeira vez que faço um comentario em seu blog, o que fzeram com as praças esportiva do Maranhão foi de uma maldade sem tamanho, ainda bem que eu ouvir e vi a governadora em campanha politica, que vai fazer o melhor governo de todos os tempos, eu acredito, já começou, com as escolha do seus secretários como de Joaquim Haickel despotista, e espero que a policia federal o ministério publico, possa da uma resposta a sociedade despostita e a todo o povo ludovicense, que esses terroristas que bombadiaram e colocaram o nosso ginasio no chão um patrimônio do do esporte maranhense. onde o pelé do handebol Tião com suas jogadas maravilhosas, com o mestres do salão com seus dribles geniais como djama campos e tantos outros despotistas. valeu Zeca.

  • Igor Almeida

    Zeca, tenho plena convicção de que teremos de volta esse grande palco do esporte de tantos e tantos nomes que já brilharam pelo Brasil a fora. Sabemos que além de triste, como bem foi dito, o que aconteceu foi um crime. Espero também que os criminosos que praticaram esse – de muitos atos ilícitos – consigam passar por lá e baixar a cabeça, por saber que por culpa deles mesmos, uma parte da bela história do esporte em nossa cidade foi interrompida.

    Abraço.

    Igor Almeida

  • Roberto Ferreira

    Joaquim parabéns pela iniciativa. Espero mesmo que você consiga recuperar o Costa Rodrigues e o Castelão que é muito importante para o futebol maranhense.

  • Fernanda

    Queria dizer que tudo que o Joaquim Haickel tem falado é importante, mas é preciso lembrar que o governo precisa dar valor ao esporte. Não adianta o Joaquim falar que vai fazer isso ou aquilo se não tiver recursos. E espero que a governadora Roseana Sarney dê todas as condições a ele.

  • Pablo Costa

    Que belo texto Zeca. Muito legal mesmo você está de parabéns. E que a Justiça faça com o Weverton Rocha aquilo que ele merece de fato pelo crime que cometeu.

  • Evandro

    Vamos torcer para que isto tudo saia do papel Joaquim.

  • Manoel

    Espero que o Joaquim Haickel recupere as nossas áreas de lazer também.

  • Valeria

    Que vergonha o que dizem lá esse povo devia estar todo preso

  • bigua

    Parabéns Zeca! Eu achava que já havia visto tudo em minha vida. Puro engano! Entrar na área que era a quadra do Ginásio Costa Rodrigues foi um dos momentos que jamais esquecerei, enquanto viver. Um local onde vivi momentos inesquecíveis como atleta, técnico e radialista. Pessoas me encontram na rua, no shopping, mercados e afirmam ter lido no seu blog a minha entrevista e da eterna atleta de vôlei Telma Coelho (a melhor de todos os tempos). Obrigado por me proporcionar momentos tão agradáveis diante daqueles que transformavam o Costa Rodrigues nas suas “segunda casa”. Para mim, ele foi a “primeira”…

    Abraços!!

    Biguá

    OBS: O Marcelo Filho , como sempre, foi muito gentil no comentário feito sobre a matéria do Costa Rodrigues. Ele sim, fou um goleiro marcante e pretendido por muitos clubes do Maranhão e de fora do estado.