Homenagem justa a Jurivê de Macedo

Agora é oficial. A cabine de imprensa do Estádio Municipal Frei Epifânio a partir desta sexta-feira (19) passa a adotar o nome “ Cabine Jornalista Raimundo Jurivê de Macedo” ou simplismente Jurivê de Macedo”. A homenagem está prevista na Lei Ordinária nº 1.375/2010 sancionada e publicada em jornal nesta sexta-feira pela prefeitura.

Desde que o Estádio foi entregue à população pelo governo do Estado a cabine ficou sem nome e cronistas discutiam sobre quem emprestaria o nome ao local.  Com a morte de Jurivê de Macedo esses comunicadores, sobretudo os cronistas esportivos, foram unânimes em defender o nome de Jurivê para a cabine. Uma placa já tinha até sido instalada na porta da cabine.

Jurivê de Macedo foi o fundador do primeiro jornal diário de Imperatriz e assinava a coluna “Comentando os Fatos” de O Estado e morreu no último dia 17 de maio.

Por João Rodrigues

Seja o primeiro à comentar em "Homenagem justa a Jurivê de Macedo"