Brasil massacra a Itália no Mundial

Não há dúvidas: era o dia do Brasil. Comandada por “Nat Maravilha”, apelido dado a Natália pelo banco de reservas, a seleção passeou em quadra e não deu chances para a Itália. A rivalidade deu lugar à alegria, e o time mostrou segurança para seguir à segunda fase como favorito no Mundial. Vitória por 3 sets a 0 – fáceis parciais de 25/16, 25/19 e 25/7 -, primeiro lugar do Grupo B garantido e invencibilidade mantida, em cinco jogos. O Brasil se despede de Hamamatsu deixando a maior comunidade verde e amarela do Japão com um sorriso dourado de confiança no título inédito. O desafio agora será em Nagoya.

Melhor do jogo, Natália foi a maior pontuadora, com 25 acertos. Pela Itália, Piccinini, Gioli e Del Core marcaram seis.

– Não tenho o que dizer dessa partida: foi a Melhor do Mundial – disse o técnico José Roberto Guimarães.

O resultado deixou o Brasil na liderança do Grupo B, com oito pontos. Já a Itália, com duas derrotas, deve ficar na terceira posição e ter pela frente mais um grande desafio, logo na primeira rodada. Na próxima vez que entrar em quadra, a equipe de Piccinini enfrentará a Alemanha, segunda colocada do Grupo C. Holanda e República Tcheca foram as outras equipes classificadas da chave brasileira.

Na manhã desta quinta-feira (madrugada no Brasil), a seleção brasileira viajará para Nagoya, sede da segunda fase do Mundial. O time terá dois dias de folga no calendário de jogos e apenas voltará à quadra no sábado contra a Tailândia, quarta colocada do Grupo C. O horário do jogo ainda não foi definido.

Leia mais no Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Brasil massacra a Itália no Mundial"