Mudanças à vista nas Séries ‘C’ e ‘D’

Alguns clubes já começam a se movimentar no sentido de mudar a fórmula de disputa do Campeonato Brasileiro Série C. Os clubes defendem a competição em pontos corridos ou pelo menos a competição dividida em dois grupos com 10 equipes o que garantiria um calendário maior às equipes.

Em caso de pontos corridos seriam 38 jogos. Na hipótese de dois grupos com 10 equipes cada, seriam pelo menos 18 jogos só na primeira fase.

Série D

A CBF também deverá promover mudanças na fórmula de disputa da Série D. Atualmente a competição é dividida em 10 grupos com 4 equipes.

O problema é que na 3ª fase, a CBF é obrigada a usar uma repescagem que desde o ano passado vem causando muita polêmica.

A competição em 2011 deverá ser disputada com os mesmos 40 clubes, mas estes serão divididos em 8 grupos de 5 equipes, todos regionalizados. Na fórmula atual, as equipes realizam apenas seis jogos na primeira fase. Se for aprovada a divisão dos 40 clubes em 8 grupos de 5 clubes, as equipes terão pelo menos 8 jogos na 1ª fase.

Há quem defenda a competição com as 40 equipes dividias em 4 grupos, cada um com 10 times, mas sinceramente não acredito nesta hipótese. É que os clubes que disputam a 4ª divisão não recebem qualquer tipo de ajuda financeira da CBF. Neste caso, os custos aumentariam muito.

Em 2011, o Maranhão terá uma vaga na Série D. O representante será o campeão maranhense de 2010, competição que está em andamento.

Vamos esperar o final das duas divisões e a posição definitiva da CBF sobre o assunto.

2 comentários para "Mudanças à vista nas Séries ‘C’ e ‘D’"

  • Gilmar

    Uma vez escrevi sobre isso, mais como adaptação mesmo, em meu blog. Para a série C se valorizar, eu creio que melhor seria a adoção de turno único com dois grupos de 4 em segunda fase e uma final mais pro-forma… ou então do jeito q vc explicitou…

    Até mandei pra ouvidoria sobre uma proposta para a Série D logo que surgiu a notícia de sua criação (http://blog.grupogpm.com/news.php?extend.65.3).

  • Evandro Paiva

    Defendo: A SÉRIE D DO MÓDULO VERDE-MUSGO SERIA ORGANIZADA PELA FBA;

    – SERIA AO ESTILO DA LIBERTADORES (OS CLUBES QUE PARTICIPASSEM DELA, DISPUTARIAM TAMBÉM A COMPETIÇÃO ESTADUAL, ONDE, MESMO SE NÃO CONSEGUISSEM UMA SUPER VAGA À SÉRIE C, ALMEJARIAM CONCORRER À MESMA NO ANO SEGUINTE), COM DIREITO A SELETIVA ENTRE OS 4 TIMES MELHORES RANQUEADOS DO ESTADO NO ANO PASSADO (PORQUE TEM FEDERAÇÃO DE FUTEBOL QUE NÃO VIVE SÓ DE CAMPEONATO ESTADUAL) PARA DEFINIR UM REPRESENTANTE DE CADA UNIDADE DA FEDERAÇÃO;

    – E MAIS UM REPRESENTANTE PARA OS 9 ESTADOS DE MELHOR DESEMPENHO NO INTERTOTO DA COPA DO BRASIL;

    – SEM CONTAR OS 4 REBAIXADOS DA SÉRIE C;

    – PRIMEIRO, ABRIR UM PERÍODO PARA QUEM QUISER SE INSCREVER NO CAMPEONATO. QUALQUER CLUBE QUE ESTEJA DISPUTANDO UM ESTADUAL DE QUALQUER DIVISÃO PODE SE CANDIDATAR, DESDE QUE CUMPRA REQUISITOS COMO ESTAR QUITE COM A FEDERAÇÃO, E ASSINAR UM COMPROMISSO DE ASSUMIR COM TODAS AS DESPESAS COM VIAGEM E HOSPEDAGEM;
    – A GARANTIA: O CLUBE TEM QUE FECHAR UM PATROCÍNIO LOGO NO COMEÇO DO ANO VISANDO A SÉRIE D PARA NÃO SAIR CORRENDO ATRÁS DE PATROCÍNIO A CADA QUATRO MESES. O GALÍCIA FECHOU UM PATROCÍNIO QUE JÁ ESTAVA PREVISTA A RENOVAÇÃO EM CASO DE PARTICIPAÇÃO NA COPA GOVERNADOR DO ESTADO E 1ª DIVISÃO DE 2011;
    – DEPOIS, DENTRE OS TIMES INSCRITOS, FAZER UMA “TRIAGEM” DE ACORDO COM A PERFORMANCE NOS ESTADUAIS E NO RANKING DA CBF, ATÉ CHEGAR NOS 48 OU 64 QUE DESEJA. ESSA TRIAGEM IRIA SER A MAIOR POLITICAGEM PARA DEFINIR QUEM ENTRA;
    – O NEGÓCIO DE A SUPER VAGA SER PREENCHIDA CONSIDERANDO O RNC – RANKING NACIONAL DE CLUBES – ERA O TIME FAZER A PRIMEIRA FASE FORA DE SEU ESTADO DE ORIGEM MESMO, SE MANDAR LÁ PRA O NORTE E VAI EM BUSCA DO OBJETIVO, SE FOR UM TIME RELATIVAMENTE ESTRUTURADO VALE A PENA, É MELHOR QUE NÃO PARTICIPAR.

    FICARIAM 4 GRUPOS REGIONALIZADOS DE 10. JOGAM EM TURNO E RETURNO.

    CLASSIFICAM 2 DE CADA GRUPO E UM MATA-MATA BÁSICO PARA DEFINIR OS 4 QUE SOBEM.

    TEM UM DETALHE: QUEM SUBIR PARA A SÉRIE C ESTARÁ IMUNE AO REBAIXAMENTO NO ESTADUAL.

    NÃO HÁ NECESSIDADE DE FINAL. SE O TIME DE MELHOR CAMPANHA DA SÉRIE D OPTAR, FAZ UM JOGO FESTIVO CONTRA OS MELHORES JOGADORES DOS OUTROS 3 TIMES QUE SUBIRAM, DE ACORDO COM A SELEÇÃO FEITA PELA CRÍTICA ESPORTIVA DURANTE O CAMPEONATO E COM A PARTICIPAÇÃO DOS TORCEDORES EM VOTAÇÃO FEITA PELO CELULAR A PARTIR DA FASE DO MATA-MATA.