O esporte no debate da TV Mirante

É claro que não vou deixar de falar do assunto do momento. O debate de ontem à noite na TV Mirante marcou a campanha para o governo do Maranhão. Fiquei atento e torcendo para que o mediador sorteasse o tema esporte.

E não é que a minha torcida deu certo!

O assunto foi debatido entre os candidatos Marcos Silva (PSTU) e Jackson Lago (PDT).

Marcos Silva perdeu uma grande oportunidade de perguntar a Jackson sobre o Castelão e o Costa Rodrigues. Era, sem dúvida uma das coisas que os telespectadores gostariam de saber. Perderam tempo e se perderam no discurso. Diria que chutaram a bola para fora.

Para não perder a piada, pior mesmo foi quando o ex-governador Jackson Lago falou até da situação do Moto Club. Que pena!. Isto não é assunto para debate Dr. Jackson. Ou é Marcos Silva?

4 comentários para "O esporte no debate da TV Mirante"

  • Torcedor revoltado contra tudo

    Zeca bom dia, como algumas pessoas que fazem o nosso futebol são vaidosas, ontem eu ouvi na Educadora no programa do Garcia Júnior que o Arlindo Azevedo, juntamente com alguns membros da diretoria do MAC, que eles estão com ciúmes porque o Sampaio ainda não jogou todas as suas partidas e que vão parar até que o Sampaio faça todos os seus jogos, este fato é lamentável por isso que estamos na quarta divisão é lamentável tal atitude de um time que não tem torcida e possui um treinador que só quer ser campeão maranhense, o Arlindo afundou o Sampaio na série C, escalou o time mal aqui contra o Águia e nós perdemos por 3 a 2, o quê vocês, tocedores do Sampaio acham.

  • RUI F°

    PORQUE A FEDERAÇÃO NÃO MARCA O JOGO DO SAMPAIO CONTRA O VIANA PARA A PROXIMA TERÇA FEIRA DA MUITO TEMPO DO TIME IR EM VIANA E VOLTAR E SE PRECISO VIAJAR PARA A PROXIMA FASE DA SERIE D, CASO SE CLASSIFIQUE

  • Adielson Botelho

    Seria bom se a pergunta petinente ao esporte fosse debatida entre Jackson e Roseana, pois ambos não fizeram ou não fazem nada, eu tinha vontade mesmo, de ter um espaço em qualquer meio para debater sofre o inferiorismo da Mirante e outras na questão de transmissão esportiva.
    Tenho apenas 23 anos e sou estudante de geografia da UFMA, sem falsa modestia, tenho mais discernimento que muitos cronistas, diretores de clubes e federação.

    RESPOSTA: NÃO ENTENDI NADA O QUE VOCÊ QUIS DIZER.

  • Tímon ressuscitado.

    Zeca, buenos dias…
    Sei que você é funcionário do sistema Mirante cuja dona (ou uma dos (as)) é a Sra Roseana Sarney e seria natural defendê-la, talvez sequer postando este comentário. Contudo, peço-lhe que atente ao que está relatado antes de tomar alguma decisão precipitada. Quando feito uma enquete no Congresso Nacional, faz alguns anos, sobre quais times os congressistas torciam, nenhum time do Maranhão recebeu voto, mas vários de outros estados do nordeste, inclusive do interior, o receberam. Assim, fica claro que, embora se diga boliviana (pelo menos foi o que ela disse nas rádios quando o tricolor venceu a série C em 97), ela não votou no Sampaio, se é que votou em algum time, como o seu Flamengo-RJ. Aliás, nenhum outro o fez, ou mesmo para o Moto Club. O certo é que nossos parlamentares, políticos em geral, estão distantes do futebol, ou melhor do esporte como um todo, já que isto também é educação e educação ainda não é a palavra de ordem neste estado. Logo, a tua preocupação é a de todos que amam o esporte e, em especial, o bretão. Mas pouco podemos esperar de pessoas que sequer vão ao estádio. Aliás, se há algo que poderiam fazer, em especial a Sra. Roseana (acredito que será eleita governadora, ou reeleita como queira), seria recuperar pelo menos o Castelão. E não só ele, mas as circuvizinhanças, promovendo, inclusive, a desfavelização do entorno, a saber o Barreto com o projeto minha casa minha vida, e a modernização, alargamento da avenida dos franceses, pois estes dois elementos fulminaram com nossas pretensões à copa de 2014 (a imprensa do sul falou nisso mas aqui ignoraram), além claro, da pouca infraestrutura da cidade, rede hoteleira, e por ai vai. Sinceramente, acho que o estádio tem uma sina – a de levar o nome de um político como João Castelo. Preferiria que tivessem homenageado o povo maranhense como um todo. Mas não foi assim lamentavelmente e o Sr. João Castelo aproveitou-se do momento histórico para construir um estádio (cópia do parque do Sabiá – Uberlândia-MG) em valores mais elevados na época que o original, promovendo ad eternum o seu nome. Já o Jackson Lago deu no que deu, enganando a todos com uma restauração nunca finalizada, sem falar do ginásio Costa Rodrigues, outro engodo. Assim, a tua preocupação recai no próprio jardim, pois estamos próximos aos nossos políticos, nossos representantes, e eles mui distantes de nós e do esporte. Sinceramente tudo isto é verdade. Não obstrua o meu comentário, pois não estou falando com desapreço ou odium político contra ninguém, mas é a verdade, a mais pura verdade. Bom, espero que mudem de atitude, que revejam os seus conceitos e que percebam que o esporte reflete a grandeza de um povo, as vitórias nos campos nos faz lembrar os tempos homéricos quando as sanguentas guerras gregas cessavam e eram transformadas em espetáculos circenses onde a vitória sem supressão da vida valia mais. Assim, nasceu o esporte, introduzindo valores enraizados na paz. Quem dera nossos políticos se voltassem à história para contemplar tudo isto. Certamente ganhariam muito e seriam bem mais respeitados.