Dirigente diz que Goiás está indo à falência

A campanha ruim realizada pelo Goiás no Campeonato Brasileiro é reflexo do que está acontecendo com o clube fora das quatro linhas. Em um reunião realizada entre o Conselho Deliberativo nesta terça-feira, os dirigentes revelaram estar preocupados com a situação financeira.

O presidente do Conselho, Hailé Pinheiro, confirmou que o clube está indo de mal a pior na questão financeira e se continuar assim pode acabar indo à falência, já que possui muitas dívidas.

“Estou alertando, o Goiás está indo à falência, está devendo demais, a situação é calamitosa”, revelou o dirigente esmeraldino, que foi não aceitou negociar o zagueiro Rafael Tolói com o futebol europeu, temendo a zona de rebaixamento.

Um dos principais destaques do Goiás desde o ano passado, o beque foi sondado por muitos clubes europeus, entre eles o Palermo-ITA, que teria chegado a oferecer aproximadamente 2,6 milhões de euros.

Com apenas 13 pontos conquistados, o time esmeraldino se encontra na penúltima colocação do Brasileirão e começa a se distanciar dos adversários diretos na luta contra a degola.

Agência Futebol Interior

Seja o primeiro à comentar em "Dirigente diz que Goiás está indo à falência"