Chacoalhada no Flamengo

rogeriolourenco_get_30Já são quatro jogos sem vitórias. E três partidas sem balançar as redes adversárias. A apatia do Flamengo nesta edição do Campeonato Brasileiro tem incomodado jogadores e o técnico Rogério Lourenço. Depois da derrota para o Corinthians por 1 a 0, domingo, no Pacaembu (veja os melhores momentos no vídeo ao lado), o treinador lamentou o fato de a equipe só ter apresentado uma postura mais agressiva na segunda etapa. Mas ele pretende dar uma chacoalhada nos seus atletas ao longo desta semana.

Com a derrota para o Timão, o Flamengo se manteve com 17 pontos, na zona intermediária da tabela. Campeão do Brasileiro passado, o time vê-se a 12 pontos do Fluminense, seu rival no cenário carioca. E pressionado para a partida deste sábado, com o Ceará, no Maracanã.

– Procuro fazer o melhor, escalar a melhor equipe e, é óbvio, procurar recuperar os jogadores rapidamente, pois sabemos das dificuldades que estamos tendo. Acredito que (o problema) não é só trabalho, mas de jogadores. Depende de nós entrarmos em campo com uma forma mais aguerrida e dispostos a vencer. Com certeza a torcida estará do nosso lado. Vou mexer com eles em relação a isso. Mas sem esquecer do trabalho que tem de acontecer de forma natural – avaliou Lourenço.

Para a disputa com os cearenses, o Flamengo contará novamente com o volante Corrêa, que esteve suspenso contra o Timão. Além dele, a equipe pode ter a estreia dos recém-contratados Leandro Amaral e Renato Abreu, que já teve passagem pelo clube entre 2005 e 2007. Em contrapartida, o time não contará com o zagueiro Jean, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

– Antes dessa derrota a ideia era trabalhar com eles (Amaral e Renato) sem acelerar o processo. A possibilidade agora é grande de os dois estarem na partida (com o Ceará) – afirmou o treinador.

Leia mais no Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Chacoalhada no Flamengo"