Flamengo convive com mais problemas

phpThumb_generated_thumbnailSe já não bastasse a derrota dentro de casa, no domingo passado e a dispensa do artilheiro Roni, o Flamengo continua convivendo com mais problemas a poucos dias do jogo de volta contra o Sampaio Correa, domingo à tarde, na cidade de Codó, interior maranhense. Três jogadores resolveram deixar o clube e o Albertão, onde o time faria seu coletivo de apronto, está cedido para um evento gospel.

Vários problemas começaram a eclodir após a derrota para a Bolívia maranhense. A dispensa do atacante Roni foi apenas o início de uma semana turbulente que pode trazer consequênias drásticas na próxima partida. Na parte de preparação, o time ten tido algumas adversidades que comprometeram o cronograma traçado pela comissão técnica. Culminando com a perda do Estádio Albertão para o apronto desta sexta-feira.

Com a cessão do Estádio para um evento gospel e o Estádio Lindolfo Monteiro interditado, a única alternativa foi mesmo o campo do Complexo Esportivo da Universidade Federal do Piauí que, para este tipo de trabalho, deixa muito a desejar. A perda de mais três jogadores do plantel também foi mais um capítulo negativo.

Insatisfeitos com o momento pelo qual passa a equipe e eles mesmos, os jogadores Isael (meia), Davi (goleiro) e Tiaguinho (ala esquerda) deixaram a equipe e já estão fora do plantel. No caso de Tiaguinho, pela segunda vez, o que deixa claro a insatisfação do jogador com o relacionamento diretoria-atleta, situação que também provocou a rescisão de Roni.

Entre tantos problemas, uma solução: a ala esquerda agora será ocupada por Felype, jovem revelação do Piauí Esporte Clube que já se apresentou ao técnico Paulo Moroni. Felype teve ótimas exibições tanto na Copa Piauí quanto no Campeonato Piauiense e também atua de meia. A viagem para Codó ainda não teve o horário confirmado pela diretoria.

Por Severino Filho

Seja o primeiro à comentar em "Flamengo convive com mais problemas"