Taça Libertadores

[gmc 1312449 m]A disputa entre São Paulo e Inter, marcada para esta quinta-feira, às 21h50m (de Brasília), no Morumbi, pelas semifinais da Taça Libertadores da América, passou a valer mais do que uma vaga na decisão da competição continental. Nesta terça, o Chivas de Guadalajara venceu o Universidad de Chile por 2 a 0, no estádio Centenário, em Montevidéu, e se classificou para as finais, mas como participa da Libertadores como convidado, não pode ser o representante da Conmebol no Mundial de Clubes da Fifa, caso leve o título. Com isso, quem se classificar no duelo brasileiro tem presença garantida no torneio disputado em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, no fim do ano.

Diante das arquibancadas lotadas por torcedores chilenos, a equipe mexicana não se intimidou e partiu para cima dos donos da casa desde o início, ignorando a teórica vantagem da La U, que havia arrancado um empate em 1 a 1 no jogo de ida. Xavier Báez, aproveitando uma falha do goleiro Miguel Pinto, e Magallón marcaram os gols do Chivas, que entrou nesta edição do torneio nas oitavas de final, depois de ter sido impedido de seguir na disputa em 2009 por conta da epidemia de gripe.

O Chivas decide a Libertadores da América com Inter ou São Paulo em datas a serem confirmadas pela Conmebol. A tendência é que as partidas aconteçam nos dias 11 e 18 de agosto.

Leia mais no Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Taça Libertadores"