Flamengo dispensa o seu maior artilheiro

phpThumb_generated_thumbnailA diretoria do Esporte Clube Flamengo acaba de dispensar o seu principal artilheiro da Era Everaldo Cunha – o atacante Roni. O jogador não treinou nesta terça-feira (3) e a rescisão do vínculo contratual, que iria até o dia 21 de fevereiro de 2012, já foi assinada pelo atleta e pelo presidente do clube. O jogador ainda não sabe qual o seu destino após a saída do Flamengo.

Desde a segunda-feira (2) que a saída de Roni está praticamente definida, mas a rescisão que, de fato, só foi confirmada no princípio da noite de hoje, na sede da Federação de Futebol do Piauí, onde o documento rescisório foi assinado pelas duas partes. O termo indisciplina, que justificou a demissão do jogador, teve causa no fato do clube estar em débito com o atleta.

Roni recebeu parte do seu salário, mas ainda tem dinheiro a receber, o que gerou descontentamento por parte do atacante. Desmotivado, não tem sido o mesmo de outras jornadas, o que provocou a reação do presidente Everaldo Cunha: “Não quero prejudicar ninguém. Não vejo motivo suficiente para o Roni ficar desmotivado, mas no Flamengo só joga quem tiver querendo. Se o atleta está descontente, não tem problema. Não serei eu quem irá prejudica-lo. Ele está livre para seguir sua trajetória no futebol brasileiro”, afirmou.

Roni chegou ao Flamengo com o próprio Everaldo na presidência, em 2007. Desde então tem sido o principal goleador da equipe. Em jogos de caráter oficial, foram 25 só em campeonatos piauienses. Após assinar a rescisão, Roni falou ao Acessepiauí e disse que vai aguardar novas propostas. Esteve por se transferir para o Itauçu, mas a diretoria do clube goiano já acertou com Índio, atacante que atuou no Piauí. Além dele, lá já estão Zé Rodrigues e o zagueiro Índio.

No Flamengo, o técnico Paulo Ricardo Moroni, de uma certa forma, lamentou a saída do atacante, mas agora sabe que o futuro tem que ser mesmo com os gols de Joniel, Rigoberto, Marcinho e Ricardo Oliveira. A propósito, o time prossegue seus treinamentos amanhã, em expediente nos dois turnos, visando o jogo de volta contra o Sampaio Correa, em Codó.

Por Severino Filho

Seja o primeiro à comentar em "Flamengo dispensa o seu maior artilheiro"