Lira aposta num disfarçado 3-5-2

Confira aí: um, dois, três, quatro, cinco. Cinco! Este é o número de alterações no time do Sampaio para o jogo decisivo contra o Flamengo, neste domingo, às 17h, no Estádio Alberto Silva pelo Campeonato Brasileiro Série D. O time ocupa a incômoda última colocação e precisa vencer para continuar na briga por uma das duas vagas na próxima fase.

Contra o JV Lideral, Lira lançou uma equipe com nove jogadores que havia indicado ao clube. Agora, diante da necessidade de vitória e após as cobranças da torcida e diretoria, ele muda a equipe e recorre a pelo menos quatro jogadores remanescentes da Copa União: Johíldo, Eloir, Léo e Célio Codó. Todo os jogadores de meio-campo utilizados contra o JV estarão fora. Lira aposta numa mudança radical para fazer o Sampaio vencer a primeira na Série D.

Vamos lá. As alterações são as seguintes: Édson no lugar de Fernandinho na lateral-direita. Johíldo entra na zaga em lugar de Sílvio. Sílvio vai para o meio no lugar de Válter. Eloir depois londo período no departamento médico retorna no lugar de Diones que foi expulso. Bruninho barrado perde a posição para Léo. E no ataque eis que Célio Codó é escalado no lugar de Wescley.

Lira muda também o esquema de jogo. Com Paulo Paraíba, Johíldo e Silvio que foi deslocado para o meio-campo e será imporvisado na frente de vários volantes contratados, o treinador lança um disfarçado 3-5-2.

O time que enfrenta o Flamengo foi definido no coletivo de ontem à tarde e terá a seguinte formação: Rodrigo Ramos, Edson, Paulo Paraíba, Johildo e Deca; Sílvio, Eloir, Elanardo e Léo; Célio Codó e João Neto.

Seja o primeiro à comentar em "Lira aposta num disfarçado 3-5-2"