Mulher de goleiro Bruno é presa em Belo Horizonte

[gmc 1296350 m] Segundo o advogado de defesa, a mulher do goleiro Bruno, do Flamengo, foi presa durante a madrugada desta quarta-feira, em Belo Horizonte. A prisão é temporária. Ela deve ser levada para a Penitenciária da Gameleira Ceresp, na capital mineira.

Dayane Rodrigues Souza, de 23 anos, estava com depoimento marcado para 14h no departamento de investigações.

A mãe de Eliza Samudio deve chegar de Campo Grande (MT) na manhã desta quarta e deve prestar depoimento. Saliva deve ser coletada para que seja feito um exame de DNA.

Entenda o caso

De acordo com a polícia, o sumiço de Eliza Samudio começou a ser investigado depois de denúncias de que ela havia sido agredida no sítio que pertence ao jogador Bruno, em Esmeraldas (MG). Ela fez o último contato com amigas no início de junho.

Dayane Fernandes, mulher de Bruno, teria dito, no primeiro depoimento à polícia, que Eliza teria abandonado o bebê. A criança foi encontrada pela polícia na casa de desconhecidos e foi entregue ao avô, pai de Eliza, em 27 de junho.

Em 25 de junho, Dayane foi detida e liberada em seguida. Segundo a delegada Alessandra Wilker, a mulher do atleta foi autuada por subtração de incapaz.

Na segunda-feira passada, 28 de junho, a polícia vasculhou o sítio do goleiro Bruno, por mais de nove horas. Policiais e peritos fizeram escavações e vistoriaram o sótão, onde encontraram roupas de mulher, objetos de criança, fraldas e passagens aéreas. Um poço também foi vasculhado. A polícia já ouviu funcionários do sítio de Bruno e amigas de Eliza.

O Flamengo anunciou que o goleiro permanece afastado do time durante as investigações. Em 1º de julho, ele disse que estava “muito chateado” com o sumiço de Eliza. O atleta ainda não foi chamado para depor.

G1

Seja o primeiro à comentar em "Mulher de goleiro Bruno é presa em Belo Horizonte"