Justiça decreta prisão temporária de Bruno

[gmc 1296390 m] A Justiça do Rio de Janeiro acatou nesta quarta-feira (7) os pedidos de prisão temporária feitos pelo Ministério Público contra o goleiro Bruno, do Flamengo, e seu amigo Luiz Henrique Ferreira Romão, conhecido como “Macarrão”. Eles estariam envolvidos no desaparecimento da ex-amante do atleta do Flamengo Eliza Samudio.  Ela está desaparecida desde o início do mês de junho.

A assessoria da Polícia Civil de Minas Gerais confirmou que outros oito mandados de prisão foram decretados pela Justiça mineira, entre eles, mais dois contra Bruno e Macarrão, além da mulher do goleiro, Dayane Fernandes. Também teriam sido acatados três mandados de busca e apreensão de veículos.  

Duas equipes da Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro chegaram ao condomínio onde mora o goleiro do Flamengo, Bruno, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, por volta das 5h desta quarta-feira (7). Policiais entraram na casa por volta de 8h e saíram 15 minutos depois. Segundo informações iniciais da polícia, Bruno não estava em casa e as buscas ao goleiro e seu amigo continuam.

Leia mais no G1

Seja o primeiro à comentar em "Justiça decreta prisão temporária de Bruno"