De novo…

A notícia é a mesma. O problema também. Os quatro jogadores contratados pela Junta Governativa do Moto para o 2º turno da Copa União e que estão hospedados no CT do Paranã voltaram a procurar a imprensa para reclamar que estão passando fome. Para hoje à noite, por exemplo eles ficaram sem alimentação. Continuam morando na sede enquanto esperam para receber os salários atrasados os atletas Hugo, Éverton, Leandro e Daniel Bruder.

6 comentários para "De novo…"

  • anonimo

    IRRESPONSÁVEIS!!!

    Simplesmente isso…pessoas irresponsáveis que fez com que os jogadores deixassem suas casas e suas famílias…com propostas boas, com certeza, se não eles não teriam ido…prá agora fazer com que eles passem por situações como essa!!!
    Pensem só “dirigentes” se fosse com o filho de vcs…lembrem que eles tem família!!!
    Da mesma forma que vcs precisam de grana, eles também com certeza tem seus compromissos.
    Se tiveram cara prá levar eles praí, agora só resta cumprir com a promessa e assumir a responsabilidade!

  • MOTENSE SEMPRE LIGADO!

    Fui ao CT do clube ontem levar alimentos e o jogadores me falaram que o pricipal culpado disso tudo é o diretor de futebol do moto foi quem trouxe eles e se comprometeu a pagar eles caso o moto nao fizese isso!
    so que na hora que apertou ele pulou fora e ja deu ate entrevista em radio dizendo que nao quer nem saber disso que ele nao é mais diretor do moto!
    SÓ QUE NINGUÉM DA DIRETORIA DO MOTO FALA ISSO POR QUE?
    A IMPRESA TBM SÓ FALA NO PRESIDENTE E VICE (QUE TODOS NOS SOMOS CONHECEDORES NÃO SABEM NADA) E O DIRETOR DE FUTEBOL BOLIVIANO QUE É O PRICIPAL CULPADO DE O MOTO TÁ PASSANDO ESSA HUMILHAÇAO E NINGUÉM FALA NADA!
    FORA DIRETOR BOLIVIANO!
    FORA DIRETOR BOLIVIANO!
    FORA DIRETOR BOLIVIANO!

  • Torcedor Motoense

    Já faz quase um mes que esses jogadores estão no CT, sem treinar, sem poder assumir compromisso com outros clubes, deixando de mostrar o futebol que eles tem, perdendo o seu condicionamento físico…
    Tudo isso por que?????
    Devido à falta de responsabilidade dessa diretoria…
    Até quando isso vai persistir?

    Como diria nosso amigo comentarista esportivo… “É Brincadeira isso aí!”

  • jamil wilson

    E uma vergonha para o futebol maranhense este tipo de coisa , como e nosso imagem em outros estado , qual o profissional da bola que esta a diposiçao do nosso futebol , nosso futebol tem que da uma parada de um ano , fazer uma mudança totral , primeiramente pela federaçao

  • torcedor justo

    Em resposta ao torcedor anônimo, ao trocedor motense sempr ligado e ao torcedor motense, vocês estão desinformados quando fala na diretoria se referindo a Junta Governartiva. Será que voces não sabem que a Junta Governativa já largou a muito tempo e que o Moto Club, agora, está sendo dirigido pelo Conselho Deliberarivo composto por Raposo e Alim Maluf. Na éopca da Junta Governativa não era o Conselho que resolvia tudo? Por que então o Conselho Deliberativo não resolve esse micro problema. O maior problema do Moto Club é que ninguém resolve nada e aparece sempre uns beócios para criticar. Quero ver agora que tem a coragem de assumir o Moto Club não aparece ninguém. Cadê os verdadeiros motenses apaixonado? Não vai aparcer porque a torcida do Moto é nogenta que só sabe criticar. Desta vez não vão aparecer os doidos e corojosos que assumiram o Moto quando ninguém queria montou um time e disputou a Copa União. Agora, quero e tô pagando para ver quem irá assoumir o Moto. Vocês que só sabem criticar no blog se reunam e assumam o Moto. Vocês tem essa coragem? Então fiquem calados.

  • anonimo

    Boa noite torcedor justo, só corrigindo, eu não me referi diretamente a ninguém, não citei nomes, quis dizer que irresponsáveis são as pessoas que contrataram esses jogadores sabendo a situação que se encontrava o Moto, porque quando a gente não pode a gente não faz, e se não pode, ninguém é obrigado a sofrer as consequencias, por culpa de uma irresponsabilidade.
    Não estou julgando quem não tem culpa. Quem é culpado, se ler esses comentários, com certeza saberá(ão) que é prá ele(s) que escrevi.