Ainda não foi desta vez

Saiu a escala de árbitros para a rodada do Campeonato Brasileiro Série B. E mais uma vez a arbitragem do Maranhão não sai. Hoje, sequer fomos incluídos no sorteio. Com moral estão os árbitros do Tocantins que tiveram três trios no sorteio e do Acre com duas indicações para sorteio.  Veja a escala aqui.

2 comentários para "Ainda não foi desta vez"

  • Carloto Júnior

    Mas isso é simplesmente devido a situação que vive o futebol do Maranhão.
    Um futebol sem respaldo, sem credibilidade, onde não se respeita regulamentos, estatuto do torcedor, justiça. Ou seja, não se respeita nada e nem ninguém. Apenas o interesse pessoal das pessoas que estão dirigindo a FMF e os clubes.
    Só não enxerga quem não quer. Já fomos da 1ª divisão do futebol do Brasil. Passamos pela 2ª divisão; caímos para a 3ª e hoje, estamos em que divisão mesmo???
    E só estamos na 4ª divisão pq não existe a 5ª, 6ª e etc….
    A ausência dos nossos árbitros nos sorteios é o reflexo da desorganização do futebol do Maranhão.
    E abram os olhos, (IMPRENSA principalmente) enquanto há tempo. Enquanto ficarmos defendendo interesses de clubes A ou B e deixamros de defender o que é CORRETO, TRANSPARENTE, LEGÍTIMO, corremos o sério risco de não ter mais futebol no Maranhão.
    Fica aqui o alerta!!!

    Carloto Júnior
    Imperatriz

  • SILVIO EDUARDO

    Zeca,

    Lamentamos essa postura da CBF. Um Estado que já teve árbitros como por exemplo Rodrigues e tantos outros que saiam as quartas e aos domingos, não podemos concordar com essa situação. Temos bons árbitros no quadro nacional(Mayron, Robson) e excelentes assistentes (Aelson Mariano Cicero Romão, Sérgio Henrique, Sandro Medeiros) mesmo na situação que o nosso futebol vive. Há mais de 10 anos começamos e terminamos o nosso campeonato sem que venham árbitros de outros estados. Direfentemente, temos apitado outros campeonatos, como: Ceará, Roraima, Piaui e o Amapá. Sabemos da luta e esforço que o Lucas Lindoso tem feito para dar uma nova cara a nossa arbitragem, mas é preciso que a CBF nos conceda oportunidades para que possamos mostrar o valor da arbitragem maranhense.