Sampaio 2 x 2 Maranhão

Deu empate no clássico Samará deste domingo (14). Sampaio e Maranhão entraram em campo com objetivos semelhantes: em busca da vitória. Mas o Tricolor precisava dos três pontos para espantar a crise, que culminou com a demissão de Edson Porto e a contratação de Válter Ferreira. Já o MAC, precisava da vitória se manter vivo na luta por uma vaga à semifinal da Copa União. Mas, independente das ambições das equipes, o resultado da partida foi mesmo 2 a 2.

Mesmo com o resultado, a torcida tricolor saiu na bronca com o time, que, mais uma vez não jogou bem e viu o MAC dominar quase toda a partida. O Maranhão Atlético chegou a fazer 2 a 0, e poderia ter feito mais, mas os comandados de Arlindo Azevedo cederam o empate ao Sampaio.

No fim da partida, Castor ainda teve duas chances para virar o placar, mas o meia falhou nas finalizações e o empate prevaleceu.

Com o resultado, o Sampaio continua fora do G-4, na 5ª colocação, com apenas 9 pontos ganhos. Já o MAC, chegou aos 6 pontos e permanece na 7ª posição da Copa União.

Maranhão domina o Sampaio

O Sampaio estreava seu novo treinador, Válter Ferreira, mas o time tricolor continuava jogando o péssimo futebol da época de Edson Porto. Enquanto o Sampaio se posicionava mal e não acertava a marcação, o Maranhão Atlético jogou como quis. Jogou com velocidade e com boas trocas de passe.

Tanto que, quando o MAC conseguiu ir ao campo ofensivo, chegou ao gol. O ataque maqueano envolveu o setor defensivo do Sampaio e a bola chegou para Raimundinho que não perdoou na saída de Rodrigo Ramos e tocou para o fundo do gol: 1 a 0 para o MAC aos 10 minutos de jogo.

Completamente apático, o Sampaio praticamente assistia o MAC jogar. De tanto observar, o meia Aquiles fez excelente jogada e encontrou Edgar livre. O atacante ampliou o placar aos 29 minutos: 2 a 0.

A sorte do Sampaio foi que, aos 31 minutos, após cruzamento na grande área, Selmir ganhou da defesa do Maranhão e, de cabeça diminuiu o sofrimento tricolor: MAC 2 x 1 Sampaio.

O gol de Selmir fez o torcedor acreditar em uma reação dos comandados de Válter Ferreira ainda na etapa inicial. Triste ilusão tricolor. Tudo porque se esqueceram de avisar isso ao Maranhão Atlético.

Mesmo sofrendo o gol, o MAC não diminuiu o ritmo. Ia ao ataque com muita determinação. E as chances para marcar o terceiro iam aparecendo. A cada oportunidade criada, a torcida do Maranhão um grito de “uh”. Enquanto isso, a torcida tricolor xingava o time por não acreditar em mais uma péssima atuação.

Tanto que, na saída para o intervalo, o único jogador aplaudido pela torcida tricolor foi o goleiro Rodrigo Ramos, que salvou a equipe em pelo menos duas ótimas chances criadas por Edgar.

– Temos que encaixar a marcação para depois chegarmos ao ataque – explicou Válter Ferreira.

Empate na marra

Na volta do intervalo, o treinador tricolor bem que tentou mudar o rumo da partida, fazendo alterações: entrou Rigo e Tica. Mas não surtiu efeito. O Maranhão Atlético continuava mandando no jogo e dando trabalho para Rodrigo Ramos.

Percebendo que o Sampaio continuava mal em campo, Ferreira tirou o volante Edinho e colocou em campo o meia Kléo. Com o meia, o Sampaio melhorou um pouco e já começava a assustar o gol de Raimundão, principalmente em cobranças de faltas.

Aos 22 minutos, o MAC ficou com um jogador a menos. Raimundinho fez falta violenta em Tiago Miracema e recebeu o cartão vermelho direto. Mas o placar seguia 2 a 1 para o Maranhão.

Quando tudo indicava que o Sampaio poderia alimentar esperanças de empatar a partida, Tica, que havia entrado no início do segundo tempo foi expulso por agredir Lúcio.

As melhores chances do Sampaio somente surgiam nas jogadas de bola parada. Tanto é que, aos 31 minutos, o Tricolor chegou ao empate após cobrança de escanteio de Kléo. O meia levantou a bola na área, que encontrou Miracema. O atacante não teve dificuldades para empatar a partida: 2 a 2.

O gol tricolor abateu o MAC, que perdeu sua melhor característica: a velocidade. Percebendo o mau momento do Maranhão, o Sampaio tratou de pressionar em busca do gol da virada. Fim de jogo no Nhozinho Santos: Sampaio 2 x 2 Maranhão.

Paulo de Tarso Jr.

Uma resposta para "Sampaio 2 x 2 Maranhão"

  • Paulo

    Zeca eu sei que tú é motense, porém poucos jornalistas no Brasil atualizam um blog assim, creio que você trabalhou até tarde para que isso acontecesse, parabéns.

    RESPOSTA: QUE TOLICE PAULO. NINGUÉM É MELHOR OU PIOR PORQUE TORCE PARA O BRASIL OU A ARGENTINA. PORQUE GOSTA DE FUTEBOL OU VOLEI. OU PORQUE É MOTO OU SAMPAIO. ESTE É UM ESPAÇO ASSINADO POR MIM, MAS QUE CONTA COM A PARTICIPAÇÃO DE TODOS VOCÊS. OBRIGADO PELA CONFIANÇA.